Atlético

ATLÉTICO

Atlético: Mariano já atuou mais que em 2020 e diz que jogo de Cuca o ajuda

Jogador de 34 anos disputa titularidade da lateral direita com Guga

postado em 29/04/2021 16:55

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
Após dez anos no futebol europeu, Mariano voltou ao Brasil em julho de 2020 sob expectativas de ser muito utilizado pelo técnico Jorge Sampaoli, que pediu sua contratação à diretoria do Atlético. Mas foi preciso uma mudança de comando técnico - e de sistema tático - para que o experiente lateral-direito ganhasse mais oportunidades.

Neste início de temporada 2021, Mariano já jogou 775 minutos em dez partidas - mais que os 527 do calendário 2020. O lateral-direito ganhou sequência como titular nas primeiras rodadas do Campeonato Mineiro, quando o auxiliar Lucas Gonçalves comandou o time alternativo antes da chegada do técnico Cuca.

Segundo Mariano, a troca no comando o ajudou. Com Sampaoli, o lateral-direito do Atlético (quase sempre Guga) cumpria a função de terceiro defensor ao lado dos dois zagueiros (Réver e Junior Alonso) durante a construção ofensiva.

Cuca não usa com a mesma frequência os três jogadores na saída de bola e opta por uma utilização mais ‘tradicional’ dos laterais, com quatro homens na primeira linha. Quando precisa de um terceiro homem ao lado dos zagueiros, costuma optar pelo recuo do primeiro volante.


“O estilo de jogo do Sampaoli é bem diferente do que eu estava acostumado a jogar, que era a linha de quatro. O Sampaoli usava uma linha de três, com o lateral como terceiro zagueiro. Eu respeitei. Nas oportunidades que tive, tentei fazer meu máximo para ajudar a equipe”, disse Mariano, em entrevista nesta quinta-feira.

“O Cuca chegou com um estilo de jogo diferente. É uma formação em que eu já estava acostumado a jogar, que é a linha de quatro. De 13 jogos (na temporada), joguei dez. Isso ajuda. O jogador quer ter uma sequência, isso ajuda bastante”, prosseguiu.

Desde que chegou, Cuca utilizou três laterais-direitos diferentes no time titular: Mariano, Guga e Talison. Nas últimas duas partidas, o primeiro foi o escolhido e chegou até a marcar o gol da vitória sobre o Athletic por 1 a 0, pelo Campeonato Mineiro.

“Estou aqui para ajudar o Atlético. Se eu for titular ou não, vou esperar minha oportunidade, como estou esperando, como tive oportunidade agora no jogo da Libertadores e pude ajudar, dar o meu melhor”, disse, em referência ao triunfo por 2 a 1 sobre o América de Cáli-COL, nessa terça.

Cuca deve poupar alguns jogadores na próxima partida do Atlético. Por isso, Mariano ainda não sabe se será titular contra o Tombense. As equipes se enfrentam a partir das 16h30 deste sábado, no Independência, pelo jogo de ida da semifinal do Mineiro.

Tags: galo cuca mariano atleticomg interiormg futnacional sampaoli seriea