Atlético

ATLÉTICO

Atlético vende card digital de Arana por R$ 89 mil; veja preço do elenco

Galo iniciou leilão de cartas dos jogadores do elenco na plataforma Sorare

postado em 07/05/2021 19:02 / atualizado em 07/05/2021 19:20

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
 
 
O Atlético iniciou nesta sexta-feira sua participação na Sorare, plataforma que mistura cards colecionáveis e fantasy game com o uso da tecnologia blockchain e dos tokens não-fungíveis (NFTs). O clube leiloou cartas de vários jogadores do elenco. O mais caro foi Guilherme Arana, vendido por 14.095,57 euros (R$ 89.762,06 na cotação do dia). 
 
Veja abaixo a galeria com o preço máximo de todos os atletas do Galo leiloados na plataforma (os valores estão na cotação desta sexta-feira, 7 de maio).
 

Quer ver a galeria em maior resolução? Clique aqui
 
Existem três categorias para os cards: raro, com 100 unidades e preço mínimo no leilão de 5 dólares (R$ 26,40 na cotação atual); super raro, com dez unidades e preço mínimo de 50 dólares (R$ 264); e único, com uma unidade e preço mínimo de 500 dólares (R$ 2.640).
 
O card de Guilherme Arana que atingiu o valor de quase R$ 90 mil foi da categoria única. Desta forma, o contemplado é dono de carta exclusiva do lateral-esquerdo do Atlético.

 
O Atlético fica com parte do valor de cada card leiloado. Ao Superesportes, o clube disse que não pode revelar o percentual por causa da cláusula de confidencialidade. 
 
Outro jogador que teve o seu card único leiloado nesta sexta foi o goleiro Everson. A carta foi adquirida por 6.451,97 euros (R$ 41.086,82 na cotação do dia). Curiosamente, o valor da carta super rara (10 unidades) do goleiro, que terá o leilão finalizado neste sábado, já está em 8.679,78 euros (R$ 55.273,75). 
 
Em contato com a reportagem, Bruno Maia, especialista em inovação e novos negócios na indústria do esporte, disse que ainda é cedo para entender as movimentações no mercado da Sorare em relação aos cards do Atlético.
 
“O produto ainda é muito novo, é cedo para cravar uma análise crítica do comportamento do comprador. A coisa mais bacana para mim é ver o Atlético testando algo novo”, disse, completando.
 
“Acaba também sendo muito legal na internacionalização da marca. Os Fantasy Games foram uma das principais armas da National Football League (NFL) para ganhar audiência em outros países. Quem compra esse tipo de produto, muitas vezes passa a acompanhar a vida dos times e dos jogadores depois, porque usam esses cards em jogos. Acredito que a maior parte desses investimentos possa vir de fora do país”.
 
Depois de Arana e Everson, o card mais caro do Atlético nesta sexta-feira foi o super raro do zagueiro Junior Alonso. O contemplado no leilão pagou 2.506,65 euros (R$ 15.937,14).
 
Alguns jogadores do elenco só tiveram card da categoria rara (100 unidades) leiloados nesta sexta, casos de Rafael, Talison, Bueno, Gabriel, Matías Zaracho, Nacho Fernández, Echaporã e Diego Tardelli. Os valores oferecidos nos leilões destas cartas são mais baixos em relação aos demais.
 
Os cards de Guga, Matheus Mendes, Calebe, Sávio e Savarino ainda não começaram a ser leiloados. Já o atacante Eduardo Vargas, que não tem direitos de imagem ligados ao Atlético, não terá cartas na plataforma.

Tags: galo atlético interiormg mercadobola