UAI

2

Após saída de Cuca, Atlético lida com dificuldades na busca por treinador

Galo teve nova recusa nesta segunda-feira (10) e segue com comando técnico indefinido para 2022

10/01/2022 16:55
compartilhe
Rodrigo Caetano, diretor de futebol, é quem conduz as negociações do Atlético na busca por um novo treinador
foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press

Rodrigo Caetano, diretor de futebol, é quem conduz as negociações do Atlético na busca por um novo treinador

 
Multicampeão em 2021, o Atlético segue tendo que lidar com a indefinição para o comando técnico em 2022. Nesta segunda-feira (10), foi a vez do argentino Eduardo Berizzo recusar o convite alvinegro após tentativa de acordo. Entenda a movimentação do clube na busca por um novo treinador.
 
 
 
O início da semana não reserva boas notícias para o torcedor do Atlético no sentido da procura por um novo comandante. Ansiosos, os atleticanos aguardam pela definição do substituto de Cuca, que voltou a fazer história pelo Galo com o 'Triplete Alvinegro' em 2021, mas deixou o clube em dezembro.
 
O Superesportes confirmou a informação antecipada pela Rádio Itatiaia: Berizzo, que chegou a ser nome principal da diretoria, não aceitou o convite para suceder Cuca. Por meio de nota oficial publicada na última sexta-feira (7), o clube mineiro tentou tranquilizar a torcida e garantiu que irá definir a situação até o fim desta semana.
 

Veja todas as contratações dos times da Série A para 2022

 
 
Nomes como os dos portugueses Jorge Jesus e Carlos Carvalhal, no entanto, parecem cada vez mais distantes. O primeiro pediu tempo à diretoria do Atlético para definir seu futuro, enquanto o segundo tem alto valor de multa rescisória com o Braga, de Portugal, e pretende cumprir o contrato com o clube europeu até o meio do ano.
 
Diante do 'esfriamento' nas negociações com os principais nomes da lista, o Atlético segue no mercado em busca de um novo comandante. Conforme apurado pelo Superesportes, entre os brasileiros, Odair Hellmann ostenta prestígio com parte da cúpula alvinegra. Atualmente, o treinador de 44 anos comanda o Al-Wasl, dos Emirados Árabes.
 
 
 
A uma semana da reapresentação do elenco profissional, o Galo corre contra o tempo para definir quem conduzirá o projeto em 2022. Campeão mineiro, brasileiro e da Copa do Brasil, o Alvinegro quer repetir o sucesso da temporada 2021 no ano que se inicia.

Compartilhe