UAI

2

Atlético abre leque após negativas e mira Antonio Mohamed e Luís Castro

Clube recebeu seguidos 'nãos' de Jorge Jesus, Carlos Carvalhal e Eduardo Berizzo; agora, muda foco na busca por um substituto para o técnico Cuca

12/01/2022 12:30 / atualizado em 12/01/2022 14:30
compartilhe
Antonio 'Turco' Mohamed é um dos alvos do Atlético na busca por treinador
foto: KARIM JAAFAR/AFP

Antonio 'Turco' Mohamed é um dos alvos do Atlético na busca por treinador

Após receber negativas dos técnicos Jorge Jesus, Carlos Carvalhal e Eduardo Berizzo, o Atlético abriu o leque. Agora, os alvos na busca por um substituto de Cuca são o português Luís Castro e o argentino Antonio 'Turco' Mohamed. A informação foi publicada inicialmente pela Rádio Itatiaia – de propriedade de Rubens Menin, um dos mecenas do Atlético.

Os dois nomes são bem avaliados pela cúpula do clube alvinegro, que deseja ter um estrangeiro no cargo. A princípio, a contratação mais provável é a do sul-americano, que está sem clube desde que deixou o Monterrey-MEX, em 2020. O português, por outro lado, tem contrato vigente com o Al Duhail, do Catar, até o fim do ano.

O desejo do Atlético é ter um novo comandante ainda esta semana, a última antes da apresentação dos jogadores para o início da pré-temporada na Cidade do Galo. A busca por um treinador tem sido liderada pelo diretor de futebol Rodrigo Caetano, o presidente Sérgio Coelho e os empresários Ricardo Guimarães, Rafael Menin e Renato Salvador.

'Turco' Mohamed

De perfil explosivo e bastante participativo, o técnico de 51 anos tem uma vasta carreira, iniciada no começo do século. Alternou entre Argentina, onde nasceu, e o México, onde fez carreira como jogador. Também teve rápida passagem pelo Celta de Vigo, da Espanha. O último clube que dirigiu foi o Monterrey.

Ao longo da carreira, conquistou a Copa Argentina, a Taça do México, a Liga Mexicana e chegou ao ápice em 2015, quando venceu a Liga dos Campeões da Concacaf, em seu primeiro trabalho à frente do Monterrey. Em 2019, levou o time ao terceiro lugar do Mundial de Clubes, vencido pelo Liverpool sobre o Flamengo.

No currículo, tem clubes como Huracán, Colón, Independiente, América-MEX e Tijuana-MEX - com o qual foi eliminado de forma dramática para o Atlético nas quartas de final da Copa Libertadores de 2013, em jogo marcado pelo pênalti defendido por Victor no fim.

Luís Castro

Ofensivo, o português de 60 anos construiu quase a totalidade de sua carreira no futebol local. Participou do processo de formação de jovens talentos do Porto por anos até que decidiu assumir o modesto Rio Ave. Depois, passou por Chaves e Vitória de Guimarães.

Na temporada 2019/2020, decidiu sair de Portugal e rumou à Ucrânia. Pelo Shakhtar Donetsk, foi campeão nacional logo na primeira vez que disputou a competição. Ficou no clube até o ano passado, quando aceitou o convite do Al Duhail.

Onde estão e para onde vão os jogadores emprestados pelo Atlético


Compartilhe