UAI

2

Atlético x Fla: proibição de público no DF pode alterar local da Supercopa

Com aumento dos casos de COVID-19 na capital do Distrito Federal, governo publicou decreto que proíbe a presença de público nos estádios

27/01/2022 17:50 / atualizado em 27/01/2022 18:05
compartilhe
Estádio Mané Garrincha, em Brasília, não deve ser palco de Atlético x Flamengo pela Supercopa do Brasil
foto: Reprodução

Estádio Mané Garrincha, em Brasília, não deve ser palco de Atlético x Flamengo pela Supercopa do Brasil


A menos de um mês da disputa da Supercopa do Brasil, entre Atlético e Flamengo, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não confirma o duelo em Brasília, no Estádio Mané Garrincha. Isso porque o governo do Distrito Federal proibiu, nesta quinta-feira (27), público nos estádios da região. A partida ocorrerá no dia 20 de fevereiro.
 
 

O decreto proíbe a presença de torcedores nos estádios da capital da República. O Atlético informa que ainda não recebeu nenhum tipo de notificação sobre o assunto. Questionada, a CBF garante que informará em seu site oficial assim que houver definição sobre o local da partida.

A medida da proibição de público foi tomada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). "Ter um jogo de futebol com 40 mil pessoas, 50 mil pessoas, não é recomendável em um momento como esse", declarou.
 
Brasília enfrenta significativa crescente nos casos confirmados de COVID-19. Neste momento, o índice de transmissão do coronavírus é de 1,87 - o que significa que 100 pessoas contaminadas infectam outras 187.
 

Quem rescindiu ou foi emprestado pelo Atlético

 

A Supercopa do Brasil é disputada, conforme regulamento, entre os vencedores do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil na temporada anterior. Como o Atlético sagrou-se campeão das duas competições em 2021, abre-se brecha para que o vice-campeão do Brasileirão anterior dispute a taça.

O Flamengo é o atual campeão da Supercopa. Em 2021, a equipe carioca superou o Palmeiras justamente no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Após empate em 2 a 2 no tempo regulamentar, o Rubro-Negro bateu o Verdão por 6 a 5 nas penalidades.

Confusão generalizada


Um dia antes da proibição de público nos estádios do Distrito Federal, o maior clássico do Distrito Federal foi manchado por confusões nas arquibancadas. Na noite dessa quarta-feira, torcedores de Gama e Brasiliense protagonizaram brigas generalizadas (veja o vídeo abaixo). O jogo só foi encerrado após as duas torcidas se retirarem do estádio Mané Garrincha. O Gama venceu por 3 a 2.


Veja os melhores time do mundo, de acordo com a IFFHS


Compartilhe