UAI

2

Após 34 dias de trabalho, 'El Turco' conquista 1° título com o Atlético

Argentino chegou a nona taça na carreira como treinador; Supercopa dá mais tranquilidade para a sequência do trabalho

20/02/2022 18:50 / atualizado em 20/02/2022 23:21
compartilhe
Técnico Antonio 'El Turco' Mohamed conquistou primeiro título no comando do Atlético
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Técnico Antonio 'El Turco' Mohamed conquistou primeiro título no comando do Atlético


Em 17 de janeiro de 2022, o Atlético iniciava a pré-temporada sob nova direção. O argentino Antonio 'El Turco' Mohamed comandava sua primeira atividade na Cidade do Galo, cercado de expectativas depois do ano mais vitorioso da história do clube. Após 34 dias de trabalho, o treinador conquistou, neste domingo (20), seu primeiro título com o Galo: a Supercopa do Brasil, após vitória por 8 a 7 sobre o Flamengo nos pênaltis.
 
 

A conquista da Supercopa dá mais tranquilidade ao argentino para desenvolver suas ideias no comando do Atlético. A missão, no entanto, segue clara: manter o clube mineiro no caminho das grandes taças.

Em 2021, sob a direção de Cuca - tido por muitos como o maior treinador da história do Galo -, o Alvinegro conquistou o Campeonato Mineiro, o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. Na entrevista de apresentação, El Turco destacou que o patamar atual do Atlético não permite que o clube se contente com o 'segundo lugar'. É preciso ser campeão.
 

Fotos da vitória do Atlético na decisão por pênaltis contra o Flamengo


Até então, com o argentino no comando, são oito jogos, com cinco vitórias, dois empates e uma derrota. Com um jogo a menos que os times que compõem o G4 do Campeonato Mineiro (Cruzeiro, Athletic e América), o Galo é o vice-líder do Estadual e segue em busca do tricampeonato no torneio.

O principal desafio da temporada, além de manter o altíssimo nível apresentado em 2021, é a conquista da Copa Libertadores da América. A taça continental foi a única que ficou pelo caminho alvinegro no ano passado. Após dois empates com o Palmeiras (0 a 0 e 1 a 1), o Atlético foi eliminado pelo critério do gol qualificado nas semifinais.

Este foi o nono título da carreira de Mohamed como treinador. Antes, ele já havia conquistado o Apertura do Campeonato Mexicano (três vezes), a Segunda Divisão do Campeonato Mexicano, a Taça México Apertura, a Taça México Clausura, a Copa Argentina e a Liga dos Campeões Concacaf.
 

Atlético ergue a taça de campeão da Supercopa do Brasil


Compartilhe