UAI

2

Allan prega respeito, mas diz não ver Cruzeiro: 'Não sei o que assustaria'

Volante do Atlético foi questionado sobre pontos fortes do rival para o clássico de domingo, mas admitiu não acompanhar a Raposa

04/03/2022 11:25 / atualizado em 04/03/2022 17:31
compartilhe
Volante Allan em ação durante treinamento do Atlético na Cidade do Galo
foto: Pedro Souza/Atlético

Volante Allan em ação durante treinamento do Atlético na Cidade do Galo

Titular absoluto do Atlético e peça fundamental do sistema armado pelo técnico Antonio Mohamed, o volante Allan se prepara para o terceiro clássico com a camisa alvinegra. Às vésperas do confronto com o Cruzeiro pelo Campeonato Mineiro, o jogador pregou respeito, mas admitiu não acompanhar os jogos do arquirrival.

Durante entrevista coletiva virtual na manhã desta sexta-feira (4), Allan foi questionado sobre o que mais lhe chamava atenção no adversário em 2022. "Vou ser bem sincero: não acompanho o Cruzeiro, muito menos os jogos, então não sei te dizer o que nos assustaria. Mas a gente sabe o tamanho do Cruzeiro como instituição, temos que respeitar, sim, mas não acompanho, não sei te responder esta pergunta", disse.

Na sequência da resposta, o volante alvinegor disse esperar as indicações do treinador Antonio Mohamed e da comissão técnica para entender como o Cruzeiro joga. "Isso vai ser muito mais a questão do mister (técnico) nos passar os pontos fortes e fracos deles, daí a gente vai ter um start de por onde começar", completou o volante, que completou 25 anos nessa quinta.



Revanche?

Allan vai disputar o terceiro clássico contra o Cruzeiro pelo Atlético. No primeiro, em 2020, o time alvinegro venceu por 2 a 1. O segundo, porém, teve gosto amargo para os atleticanos: revés por 1 a 0. A derrota foi o único confronto entre os times em 2021. No ano passado, o Galo conquistou Campeonato Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil, mas o volante admite que perder para o rival gerou um incômodo.

"A gente ficou devendo no ano passado, sim, no aspecto do clássico. Acredito que não só os jogadores, mas isso é uma satisfação para a torcida também. É um presente para eles ganhar - e ganhar bem - o clássico. Então, a gente vai fazer o nosso melhor para que isso possa acontecer no final de semana e, se Deus quiser, a gente sair com a vitória", disse.

"Claro, sem dúvida (ficou a vontade de ter ganhado o clássico em 2021). Clássico foi feito para ganhar. Então, se fosse escolher, a gente não perderia nenhum. Ano passado acabou acontecendo, mas tivemos um ano muito bom, com muitos títulos. Este ano, que possam vir os títulos e a vitória no clássico, que é o nosso objetivo", finalizou.

Atlético e Cruzeiro se enfrentam neste domingo, a partir das 18h, no Mineirão, pela nona rodada do Estadual. Os times dividem a liderança, com 19 pontos. A vantagem é do Galo, que tem saldo de gols melhor.

Jogadores do Atlético que nunca disputaram o clássico contra o Cruzeiro


Compartilhe