UAI

2

Atlético oficializa venda de Savarino ao Real Salt Lake por US$ 2,5 milhões

Galo manterá 20% do atacante venezuelano e ainda poderá faturar em futura negociação a ser feita pelo clube da Major League Soccer

29/04/2022 21:17 / atualizado em 29/04/2022 21:50
compartilhe
Savarino já havia defendido o Real Salt Lake entre 2017 e 2019
foto: Real Salt Lake/MLS/divulgação

Savarino já havia defendido o Real Salt Lake entre 2017 e 2019


O Atlético oficializou nesta sexta-feira (29) à noite a venda do atacante Jefferson Savarino, de 25 anos, ao Real Salt Lake da Major League Soccer (MLS), dos Estados Unidos. O clube negociou 40% dos direitos econômicos do venezuelano por US$ 2.5 milhões (R$ 12,4 milhões). O Galo manterá 20% do atleta e ainda poderá faturar em futura negociação.

Os outros 40% dos direitos já pertenciam ao Real Salt Lake, que passa a deter 80%.

Savarino chegou ao Atlético em 2020, comprado por US$ 2 milhões (cerca de R$ 8,6 milhões na cotação da época) junto ao próprio Real Salt Lake. 

A saída de Savarino foi bem vista pelo Atlético por dois motivos: reforçar o caixa com venda de reservas (como ocorreu com Dylan recentemente, por exemplo) e reduzir o número de estrangeiros no elenco. O argentino Cristian Pavón tem pré-contrato com o Galo assinado e deve chegar ao clube para o segundo semestre. 

Pavón chegará ao Atlético para ocupar a mesma função de Savarino.

Em dois anos, Savarino fez 99 jogos com a camisa do Atlético, com 21 gols marcados e 19 assistências, totalizando 40 participações diretas. Ele conquistou seis títulos no clube: Campeonato Brasileiro (2021), Copa do Brasil (2021), Supercopa do Brasil (2022) e três Mineiros (2020, 2021 e 2022).

Meta de vendas


Com a conclusão da negociação de Savarino, o Alvinegro fica perto de bater a meta de R$ 140 milhões em venda de atletas na temporada 2022. Desta forma, o clube espera conseguir segurar os principais jogadores para o restante do ano em busca de novas conquistas.

Ao vender Savarino, o Galo chega à marca de R$ 91,4 milhões com transferências:

  • Empréstimos de Vitor Mendes, Nathan, Alan Franco e Hyoran - R$ 3 milhões;

  • Marquinhos (R$ 9,8 milhões em venda para o Ferencvárosi, da Hungria);

  • Junior Alonso (R$ 46 milhões em venda para o Krasnodar, da Rússia);

  • Dylan (R$ 18,7 milhões em venda para o New England Revolution, dos Estados Unidos. Valor pode subir em R$ 2,3 milhões caso metas sejam batidas

  • Savarino (R$ 12,4 milhões em venda de 40% dos direitos para o Real Salt Lake, dos Estados Unidos)

Outro jogador que está próximo de ser negociado é Savinho. O garoto foi comprado pelo Grupo City e vai deixar o Galo no fim do primeiro semestre. A negociação do jovem vai render cerca de R$ 32,5 milhões ao clube mineiro. As duas transações ajudarão o Atlético a ficar perto da meta traçada para 2022.

Na noite de quinta-feira (28), durante evento de lançamento do livro de Hulk, o diretor de futebol Rodrigo Caetano destacou a necessidade de o Atlético fazer caixa para equacionar suas dívidas e ter meios de manter o seu elenco forte para o restante do ano.

"Hoje, realmente, esse número a ser batido é quase uma necessidade urgente. E se conseguirmos isso, será em apenas quatro meses. Então isso, de certa forma, em tese, dá uma tranquilidade para a janela do meio do ano. Nós gostaríamos que não fosse essa a realidade (precisar vender Savarino). Se tivéssemos condições de manter o atual elenco com naturalidade e até mesmo agregar valor. Mas não é isso que o Galo atravessa", explicou o executivo.

Compartilhe