UAI

2

Atlético se reunirá com Godín para definir saída; zaga vai ter reposição

Zagueiro manifestou desejo de deixar o Galo rumo ao Vélez Sarsfield, da Argentina; caso rescisão seja acertada, Alvinegro vai atrás de novo defensor

13/06/2022 12:12
compartilhe
Godín fez apenas nove jogos com a camisa do Atlético
foto: Pedro Souza/Atlético

Godín fez apenas nove jogos com a camisa do Atlético

Uma reunião nesta semana vai selar o futuro de Diego Godín no Atlético. O jogador esteve os últimos dias com a Seleção Uruguaia e voltará a Cidade do Galo entre terça e quarta-feira para tratar de uma possível rescisão contratual. A tendência é que o zagueiro se desligue do clube alvinegro para acertar com o Vélez Sarsfield, da Argentina.

Na última semana, Godín deu declarações à imprensa uruguaia que deseja ter mais minutos para chegar bem preparado na Copa do Mundo. Como é reserva no Atlético e pouco tem jogado, o defensor cogita uma mudança de clube. Ele, inclusive, já conversou com o treinador do Vélez, Alexander Medina, e deve se transferir em breve ao time argentino. 

De acordo com o diretor Rodrigo Caetano, essa decisão deve acontecer nos próximos dias. "Tem essa possibilidade, não vou negar. O Godín deve chegar ao Brasil entre terça e quarta. Vamos sentar e resolver o futuro dele e o futuro do Galo. Caso ele realmente confirme o desejo de saída, precisamos buscar uma peça de reposição. É nesse sentido que a gente vai seguir. Mas a gente vai aguardar a chegada dele. Tenho conversado com ele por telefone algumas vezes", disse o dirigente atleticano.

Caetano afirmou que o Galo vai atrás de uma nova peça para o sistema defensivo. "Mas, caso o Godín saia, vamos buscar uma peça de reposição sim, porque a gente entende que o número de cinco zagueiros é o ideal para um ano em que o Galo tem inúmeras disputas. É um setor do time que é muito difícil haver um improviso. É muita rotatividade por lesões e cartões. É necessário que tenhamos um bom número e uma boa qualidade", completou.

O Superesportes informou na última semana (clique aqui para ler mais) que Jemerson já tem um mãos uma oferta do Galo. Sem clube desde que deixou o Metz, da França, o zagueiro de 29 anos deseja voltar ao Atlético, time que o revelou para o futebol em 2013. A negociação está avançada, mas ele só deve ser anunciado em julho, na abertura da janela de transferências.

Godín no Atlético


Contratado para substituir Junior Alonso antes do retorno do paraguaio, Godín enfrenta dificuldades para se firmar como uma peça importante no Atlético. Em abril, o uruguaio chegou a ser defendido publicamente pelo Galo após críticas de parte da torcida. Ele realizou apenas nove jogos na temporada e contribuiu com um gol, diante do Patrocinense, pelo Campeonato Mineiro.

Hoje, Godín é a quinta opção na concorrida zaga do Atlético. À frente dele, estão Junior Alonso, Nathan Silva, Igor Rabello e Réver. Com contrato até o fim de 2022, o zagueiro pode assinar pré-contrato com qualquer outra equipe já a partir de julho. A tendência, no entanto, é que a rescisão aconteça em breve.

Compartilhe