UAI

2

Caso Cury: Atlético entra na Justiça para pedir liberação de R$ 1,6 milhão

Clube alega que 'bloqueio de contas afeta severamente a administração, o fluxo de caixa, o pagamento de funcionários, atletas e despesas correntes'

23/06/2022 11:30 / atualizado em 23/06/2022 11:36
compartilhe
Presidente Sérgio Coelho tenta manter time competitivo e administrar as dívidas
foto: Leandro Couri/EM/D.A Press

Presidente Sérgio Coelho tenta manter time competitivo e administrar as dívidas

O Atlético entrou na Justiça na quarta-feira (22) requerendo a imediata liberação de R$ 1.626.734,94, em processo envolvendo a empresa Link Assessoria Esportiva e Propaganda LTDA, do agente André Cury. O Galo argumenta que o bloqueio de contas feito pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) é "absolutamente indevido" por causa de um seguro garantia ofertado pelo clube.

"TJSP consignou expressamente que o seguro garantia é admissível, desde que prestado em valor suficiente para cobrir o montante integral da execução, nos termos da legislação de regência", diz parte do documento enviado pelo Atlético à Justiça.

"O seguro garantia ofertado pelo CAM é, pois, suficiente para cobrir o valor integral desta execução, não havendo motivos para que se prossiga com a indevida ordem de bloqueio online", acrescentou.

Atlético diz que o bloqueio gera consequências graves que prejudicam a gestão do clube. "O bloqueio de contas afeta severamente a administração do CAM, o seu fluxo de caixa, o pagamento de funcionários, atletas, despesas correntes, enfim, interfere agressivamente na administração do clube".

Atlético alega que bloqueio interfere na vida do clube
foto: Reprodução

Atlético alega que bloqueio interfere na vida do clube


Atlético x André Cury


O empresário André Cury cobra na Justiça mais de R$ 50 milhões do Atlético por comissões em negociações. Nos últimos anos, André Cury auxiliou na transação de vários jogadores do Atlético, como Lucas Pratto, Luan, Maicosuel, Cazares, Erazo, Dylan e Vargas.

Neste mês, o Atlético perdeu o recurso de uma ação movida pelo empresário André Cury. Com isso, o clube terá de pagar R$ 7,3 milhões ao empresário pela transferência do zagueiro Frickson Erazo, em janeiro de 2016. Atualmente, são várias ações de Cury na Justiça contra o Atlético.

Ranking das maiores dívidas do futebol brasileiro



Compartilhe