UAI

2

Copa do Brasil: Galo solicita reforço de segurança para jogo com o Flamengo

Partida de volta das oitavas de final do torneio mata-mata será disputada no dia 13 de julho (quarta-feira), às 21h30, no Maracanã

29/06/2022 12:27 / atualizado em 29/06/2022 13:29
compartilhe
Flamengo x Atlético: partida da Copa do Brasil será disputada no dia 13 de julho
foto: Pedro Souza/Atlético

Flamengo x Atlético: partida da Copa do Brasil será disputada no dia 13 de julho



O Atlético enviou uma carta ao Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro solicitando reforço de segurança para o jogo contra o Flamengo, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 13 de julho (quarta-feira), às 21h30, no Maracanã. O Galo anexou ameaças nas redes sociais para embasar o pedido, que foi feito também ao Ministério Público-RJ, à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e ao Flamengo. 


"(O Atlético) requer o apoio desse Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro - ISP para resguardar a segurança e a integridade física de seus torcedores e da sua comissão técnica, já que há inúmeras ameaças de torcedores rubro-negros nas redes sociais, incitando a violência e indicando que a torcida atleticana será recebida com grande violência no dia do evento", disse o clube, na nota.

"Pelo exposto, considerando as ameaças públicas da Torcida Jovem Fla e de outros torcedores rubro-negro, pede o Clube Atlético Mineiro que este instituto, em conjunto com a MPRJ, as polícias Militar e Civil e o Flamengo (na condição da mandante da partida), reforce a segurança da partida a ser realizada no dia 13/07/2022, para preservar a segurança pública, a segurança e a integridade física de seus torcedores e de sua comissão técnica, bem como do patrimônio público e privado", acrescentou. 

Maiores invencibilidades de visitantes na Libertadores



No jogo de ida, no dia 22 de junho, no Mineirão, o Atlético venceu o Flamengo por 2 a 1. Hulk fez um golaço no primeiro tempo e fez jogada espetacular com assistência para Ademir ampliar o placar na etapa final. Lázaro marcou para o Rubro-Negro. O Galo pode até empatar o jogo de volta que se classificará às quartas de final. 

Após a partida, o atacante Gabigol soltou uma frase que muitos interpretaram como incitação à violência. Ele disse os mineiros vão sofrer com a pressão no Maracanã no duelo da volta. No Mineirão, a torcida alvinegra esgotou os ingressos para a partida. "Quando eles forem lá (no Maracanã) vão conhecer o que é pressão e inferno", declarou. Depois, ele pediu desculpas e disse que não teve a intenção de deixar os ânimos mais exaltados.

Veja o documento enviado pelo Atlético

Veja o documento enviado pelo Atlético



Compartilhe