UAI

2

Ex-Atlético, Sampaoli deixa o comando do Olympique de Marselha

Argentino garantiu ao time do Sul da França vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões, além de chegar às semifinais da Conference League

01/07/2022 12:04 / atualizado em 01/07/2022 12:25
compartilhe
Mesmo com o bom trabalho, Sampaoli estaria descontente com a fraca movimentação do Olympique na janela de transferências
foto: Nicolas TUCAT/AFP

Mesmo com o bom trabalho, Sampaoli estaria descontente com a fraca movimentação do Olympique na janela de transferências

O argentino Jorge Sampaoli, que chegou à França em fevereiro de 2021, depois de deixar o Atlético, não é mais o técnico do Olympique de Marselha, anunciou o clube nesta sexta-feira (1º). 



Festa e gritaria de Sampaoli em mais uma vitória do Olympique



"Estamos satisfeitos com o caminho percorrido e as emoções vividas juntos, mas devido a uma longa reflexão, as duas partes, que atuam no interesse geral do projeto do Olympique de Marselha, concordaram em dar fim a esta etapa", diz o comunicado do clube.

Com Sampaoli, o Olympique foi vice-campeão francês na última temporada e conseguiu vaga direta na próxima Liga dos Campeões da Europa.

No entanto, desde maio o treinador argentino deixou uma mensagem muito clara para a diretoria sobre suas exigências no mercado de transferências.

"Queremos ir à Liga dos Campeões pelo dinheiro ou para sermos competitivos? É o mais importante que precisam saber o presidente, o proprietário e o treinador: saber por que tivemos esse objetivo", disse.

"É preciso saber se existe uma possibilidade de criar uma equipe de Liga dos Campeões. Porque jogar a Liga dos Campeões é jogar contra grandes equipes. Ir para jogar alguns jogos e não fazer parte de verdade da competição me parece ilógico", acrescentou Sampaoli, que tem reputação de ser muito exigente em matéria de contratações.

No momento, o Olympique só contratou dois zagueiros, Samuel Gigot (Spartak Moscou) e o jovem Isaak Touré (Le Havre).

Por outro lado, o clube perdeu dois titulares absolutos: William Saliba, que voltou ao Arsenal após o fim de seu empréstimo, e Boubacar Kamara, que foi para o Aston Villa.


Sampaoli no Atlético 


Sampaoli comandou o Atlético em 44 jogos, com 25 vitórias, nove empates e 10 derrotas. O treinador, que assumiu o Galo logo após a vexatória eliminação na Copa do Brasil para o Afogados, de Pernambuco, terminou o trabalho com o título mineiro e a vaga na fase de grupos da Copa Libertadores.

O aproveitamento geral de Jorge Sampaoli foi de 63,63%. Para deixar o clube alvinegro, ele pagou multa de R$ 4,3 milhões prevista no contrato.

15 momentos de Jorge Sampaoli no Atlético





Compartilhe