UAI

2

Atlético empata com São Paulo e perde chance de colar no líder da Série A

Em jogo de poucas chances de gol no Mineirão, rivais ficam no empate por 0 a 0; Galo poderia igualar pontuação do Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro

10/07/2022 19:57 / atualizado em 10/07/2022 20:21
compartilhe
Hulk não teve vida fácil no Mineirão e não criou muitas chances contra o São Paulo
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Hulk não teve vida fácil no Mineirão e não criou muitas chances contra o São Paulo

O Atlético desperdiçou chance de igualar a pontuação do líder Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, no Mineirão, o Galo criou pouco e ficou no empate por 0 a 0 com o São Paulo, em duelo válido pela 16ª rodada da competição.



Com o empate, o Atlético chegou a 28 pontos. O Alvinegro fica dois atrás do líder Palmeiras, que empatou sem gols com o Fortaleza, fora de casa. O Galo fica em terceiro, atrás também do Corinthians, que tem 29. Já o São Paulo permanece em 7°, com 23.

O Atlético agora muda o foco. Na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, o Galo visita o Flamengo, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Alvinegro venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e pode até empatar no Rio de Janeiro para seguir vivo na competição.

O São Paulo joga na Copa do Brasil contra o Palmeiras, na quinta-feira. O Tricolor venceu o primeiro jogo por 1 a 0 e também jogará pelo empate para avançar no torneio.

Atlético 0 x 0 São Paulo: fotos do jogo no Mineirão pelo Brasileiro (10/7/2022)



O jogo

O técnico Turco Mohamed poupou alguns titulares no Atlético. Mariano, Nathan Silva e Arana foram substituídos por Guga, Igor Rabello e Zaracho. Rubens, que vinha atuando mais avançado, jogou como lateral-esquerdo.

O primeiro tempo foi de muito equilíbrio e muita força na marcação, especialmente do São Paulo. O Tricolor não deu espaços para o Galo trabalhar pelos lados do campo e, com isso, a criação alvinegra ficou prejudicada. As jogadas mais contundentes aconteceram quando houve aproximação dos homens de ataque para tabelas rápidas. O Atlético, no entanto, não teve chances de perigo e a melhor finalização foi um chute de Allan, nos acréscimos. 

O São Paulo começou o jogo em cima do Atlético, marcando a saída de bola alvinegra. Mas, após perder Reinaldo lesionado, ainda aos 10', baixou um pouco as linhas. O Tricolor teve as melhores chances em duas finalizações perigosas de Igor Gomes.

O Atlético tentou impor um ritmo maior no segundo tempo, buscando roubar a bola no campo de ataque para pegar a defesa tricolor desarrumada. O time, no entanto, errou muitas tomadas de decisão e não conseguia levar perigo.

Turco Mohamed mexeu na equipe, colocando Jair, Ademir e Sasha nas vagas de Otávio, Zaracho e Vargas. Após as trocas, o jogo melhorou. O São Paulo chegou em chutes de longe. O Galo, após cruzamentos. Alonso e Jair finalizaram com perigo.

Na reta final do jogo, o Atlético reclamou muito de dois lances de pênalti. No primeiro, Miranda dividiu com Hulk, mas tocou antes na bola. No segundo, a bola tocou no cotovelo do zagueiro Luizão, mas o braço estava em posição natural. O Atlético tentou até o último lance, mas não conseguiu o gol da vitória e ficou no empate sem gols no Mineirão.

Fotos da torcida do Atlético no jogo contra o São Paulo, no Mineirão



ATLÉTICO 0 X 0 SÃO PAULO

Atlético
Everson; Guga (Mariano, 43/2°T) , Igor Rabello, Junior Alonso e Rubens; Otávio (Jair, 18/2°T), Zaracho (Ademir, 18/2°T) e Allan; Nacho (Calebe, 43/2°T), Vargas e Hulk
Técnico: Turco Mohamed

São Paulo
Jandrei; Rafinha, Miranda e Luizão; Igor Vinícius, Pablo Maia, Igor Gomes (Moreira, 34/2°T), Talles Costa (Rodriguinho, 46/2°), Reinaldo (Wellington, 10/2°T); Patrick (Eder, 34/2°T) e Calleri
Técnico: Rogério Ceni

Cartões amarelos: Igor Vinícius (32/2°T); Hulk (42/2°T)

Motivo: 16ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Público: 52.356
Renda: R$ 1.957.818,72
Data e horário: domingo, 10 de julho, às 18h

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA/RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

Compartilhe