Botafogo

SANTA CRUZ

Botafogo negocia venda de João Paulo; Santa Cruz observa por nova venda recorde

Tricolor é dono de 40% dos direitos do meia, que foi negociado com o Alvinegro no final de 2016, por R$ 3 milhões

postado em 20/01/2020 09:51 / atualizado em 20/01/2020 10:17

(Foto: Vitor Silva/Botafogo)
A venda mais cara da história do Santa Cruz pode estar perto de se tornar ainda maior. O meia João Paulo, destaque do time coral entre 2015 e 2016 recebeu uma proposta do Seattle Sounders FC, time dos Estados Unidos, e pode ser negociado pelo Botafogo, atual dono de seus direitos. Como o Tricolor ainda possui e 40% de seus direitos econômicos, o clube está atento ao andamento da negociação e vive a expectativa de ter esse novo rendimento.
 
Segundo a apuração do portal UOL, a negociação encaminha para ser um empréstimo por um ano com obrigação de compra ao final da temporada, em cada etapa, o valor seria de US$ 1,25 milhão (R$ 5,2 milhões). Somando as duas etapas do acordo, os 40% que o Santa Cruz tem direito girariam em torno de US$ 1 milhão (R$ 4,2 milhões). Vale lembrar, claro, que cenários diferentes de negociação podem trazer valores diferentes para o Tricolor.

Segundo o executivo de futebol do Santa Cruz, Nei Pandolfo, não existe conversa entre clube e o Botafogo sobre a venda de João Paulo, uma vez que os cariocas têm 100% de seus direitos federativos e gerem a negociação sozinhos. Segundo Pandolfo, as conversas só envolverão o Tricolor em um nível mais avançado, já para tratar da divisão do dinheiro.

Enquanto negocia com o time estadunidense, João Paulo está trabalhando afastado do elenco principal do Botafogo. Enquanto o time realiza pré-temporada no Espírito Santo, o atleta está no Rio de Janeiro e sequer está relacionado para o amistoso marcado para esta segunda-feira, contra o Vitória/ES.

“O Botafogo confirma ter recebido uma proposta pelo meia João Paulo, oriunda do Seattle Sounders FC, dos EUA. Por esse motivo, o atleta não foi relacionado para o amistoso desta segunda-feira e seguirá treinando no Rio de Janeiro enquanto a negociação está em curso”, informou o clube através de nota oficial.

É importante lembrar que, em seu orçamento para 2020, o Santa Cruz previu R$ 3 milhões em vendas de atletas, valor que pode ter sido interferido negativamente pela saída do jovem lateral direito Warley, sem custos, coincidentemente, para o Botafogo, mantendo 40% dos direitos no Arruda. Se os valores se confrimarem e o Seattle Sounders exercer a compra, ao final do ano, o valor já supera o previsto para vendas e mais que duplica a maior venda da história do clube.

JOÃO PAULO

Revelado pelo Internacional, João Paulo chegou ao Santa Cruz por empréstimo em 2015, sendo um dos principais destaques do time no retorno coral à Série A. Depois de acertar em definitivo após o final do contrato com o Colorado, o meia foi vendido para o Botafogo ao final da temporada 2016, por R$ 3 milhões, na negociação mais cara da história do clube, valor que pode aumentar agora. Pelo Tricolor, foram 105 jogos e 6 gols, no Fogão, 119 partidas e 7 tentos.