Cruzeiro

NOVO REFORÇO

Dedé: "O que a torcida do Cruzeiro já fez por mim, balança qualquer jogador"

Em entrevista coletiva, defensor demonstrou sua gratidão pelo Vasco, falou sobre o sonho de disputar uma Copa do Mundo e agradeceu o carinho da torcida celeste

postado em 18/04/2013 11:44 / atualizado em 18/04/2013 12:22

Vasco.com.br / Divulgação

O zagueiro Dedé, recém-contratado pelo Cruzeiro por cerca de R$14 milhões, concedeu uma entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, em sua casa, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Emocionado, o defensor demonstrou sua gratidão pelo Vasco - clube que defendeu por quatro anos -, falou sobre o sonho de disputar uma Copa do Mundo e agradeceu o carinho já recebido da torcida do Cruzeiro. Leia os principais pontos da entrevista:

Cruzeiro

Cruzeiro é um time que tem história. Tem um elenco grande, muito bom. O que a torcida do Cruzeiro já está fazendo por mim, balança qualquer jogador. Estou muito feliz de ir para um clube que já está de braços abertos para mim. Sei que eles estão querendo me apresentar de uma forma diferente para a torcida, uma coisa que eu nunca vivi. No Cruzeiro, vou procurar fazer meu melhor, como fiz aqui no Vasco. A proposta do Cruzeiro mexeu com a minha cabeça. Eles estão fazendo tudo para me agradar. Vou chagar lá para fazer uma coisa diferente por eles também.

Amigos em Minas Gerais

Conversei com o Nilton e com o Diego Souza. Minas eu conheço um pouco. Tenho parentes no interior do estado. É um estado tranquilo. Já estou com foco, sem medo e isso vai ser importante para me ambientar em Belo Horizonte. Também vou matar a saudade dos meus amigos que estão lá.

Negociação

Foi uma negociação que envolveu algumas situações. O Cruzeiro chegou primeiro no Vasco, o que é o certo. Meus empresários avisaram uma situação, mas eu não sabia se era concreta. Não fiquei chateado, mas achava que podia ser uma situação melhor, para eu pensar no que eu queria fazer.

Condição do Vasco

Os funcionários, que estão sem receber, necessitavam da minha venda. E eu achei importante pensar nessa situação também. O Vasco precisava negociar algum atleta e o jogador que tinha essa condição era eu.

Seleção Brasileira e Europa

Não penso em jogar na Europa agora. Sempre fui uma pessoa muito simples, minha família é muito simples em tudo que tem, não me arrependo de ter negado financeiramente ofertas da Europa. Penso diferente de muitos jogadores profissionais. Recusei uma proposta de Portugal e fui campeão da Copa do Brasil. Não me arrependo. Quero ficar no Brasil porque teremos a Copa e penso em Seleção. É o meu sonho disputar uma Copa do Mundo.

Tags: cruzeiro torcida dedé vasco