Mozart diz que Cruzeiro fez bom jogo e lamenta: 'Derrota que dói muito'

Raposa perdeu para o CSA por 2 a 1, em Maceió

27/06/2021 23:28 / atualizado em 28/06/2021 00:53
compartilhe
Mozart lamentou a derrota do Cruzeiro em Maceió
foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Mozart lamentou a derrota do Cruzeiro em Maceió


O técnico Mozart disse que o Cruzeiro fez um bom jogo na derrota para o CSA por 2 a 1, neste domingo, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela Série B. O comandante celeste lamentou os erros defensivos e disse que é sua obrigação encontrar as soluções para o time ter a melhor formação e voltar a vencer.

"O que cabe a mim como treinador é corrigir o que tiver que corrigir de maneira individual e coletiva, assumir a responsabilidade do resultado, tenho que defender meus jogadores. Como treinador, tenho que achar soluções para os problemas. E é isso que vou fazer nos próximos dois dias, descansar os jogadores que tiver para descansar e mentalmente ser forte. Como a gente fez um jogo, na minha opinião, bom e acabamos tomando a virada, eu tenho que analisar friamente para na quarta-feira ajustar o que tiver que ajustar para vencer o jogo", disse.

Na próxima rodada, o Cruzeiro tenta a recuperação contra o Guarani, na quarta-feira, às 19h, no Mineirão. Em outro ponto da entrevista, Mozart voltou a elogiar a atuação do time. "O desempenho nos dá perspectiva de subir na tabela. É uma derrota que nos dói muito pelo desempenho, mas infelizmente essas coisas acontecem. É erguer a cabeça e ir para a próxima".

O Cruzeiro saiu na frente no jogo deste domingo, com gol de Felipe Augusto logo aos seis minutos. A virada veio com Iuri, aos 26' e 28' da etapa inicial. Os destaques negativos da partida foram os zagueiros Weverton, que falhou no primeiro gol, e Joseph, que entregou a bola da virada para o CSA. Até o ídolo Fábio deixou a desejar. Com os gols levados neste domingo, o time celeste passou a ter a defesa mais vazada da segunda divisão, ao lado do CRB, com 13 gols sofridos.
 
Mozart preferiu não expor o elenco. "Seria leviano da minha parte expor o elenco. Eu acredito no elenco, precisamos fazer ajustes. É minha responsabilidade fazer os ajustes como treinador, seja de maneira individual ou coletiva. Estamos buscando uma formação ideal e isso faz parte do processo, jogando a cada três dias o ajuste vai vir com os jogos".

Compartilhe