Cruzeiro

CRUZEIRO

Sobis defende Mozart de críticas no Cruzeiro: 'Não adianta ficar trocando'

Atacante diz que jogadores precisam assumir responsabilidade por má campanha na Série B e pede o apoio dos torcedores: 'Acreditem na gente'

postado em 20/07/2021 22:26 / atualizado em 22/07/2021 11:01

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Rafael Sobis foi um dos jogadores que pediram a palavra depois de mais uma derrota do Cruzeiro na Série B. Ao analisar o revés por 1 a 0 para o Remo, no estádio Baenão, em Belém-PA, o veterano de 36 anos defendeu o técnico Mozart Santos de questionamentos e afirmou que “não adianta ficar trocando” o comando. O camisa 10 ressaltou que os atletas precisam assumir a responsabilidade e tentar tirar a equipe da zona de rebaixamento.


“Eu falo mesmo, não tenho medo de falar, assim foi toda a minha carreira. Não existe desgaste nenhum, é um cara muito trabalhador, um cara que nós atletas estamos fazendo de tudo para dar o resultado que ele merece, por tudo que ele tem feito. A situação é difícil por N motivos, mas nós jogadores precisamos assumir nossa responsabilidade. Não adianta ficar trocando e trocando, foi assim nos últimos anos e nada mudou. A gente tem que ter um caminho, todo mundo olhar para o mesmo objetivo, se fechar cada vez mais e tentar crescer na competição”.


O Cruzeiro não conseguiu transformar a superioridade na posse de bola (57% a 43%) em chances claras de gol, porém Rafael Sobis considerou que a equipe se comportou bem e acabou castigada ao ser vazada aos 23 minutos da etapa inicial, em chute de voleio de Victor Andrade. O atacante aproveitou o momento para enviar um recado aos críticos, que, segundo ele, não querem o bem do clube.

“Não fique escutando pessoas que não querem o bem do Cruzeiro. Digo de forma geral, porque para muitas pessoas que hoje opinam não é importante o Cruzeiro vencer. Que acreditem na gente, que nos mandem confiança, pensamento positivo. Esse é o grupo, não tem o que fazer, mais do que nunca precisamos de todo mundo. Estamos treinando, trabalhando, nos dedicando, deixando de viver na rua tudo em prol do Cruzeiro. Quem está aqui ama o Cruzeiro. Quem está aqui, dentro de acertos e erros, está tentando fazer o melhor”.

O jogador também comentou a invasão de torcedores na Toca da Raposa II, na tarde de domingo, dia seguinte à goleada sofrida para o Avaí, por 3 a 0, no Mineirão. Ele admitiu ter se incomodado com o episódio, mas compreendeu a insatisfação dos cruzeirenses em razão do fraco rendimento da equipe no campeonato.

“Torcedor vive de paixão, a gente entende. Claro que não gostamos de um domingo à tarde, enquanto estávamos trabalhando, ter uma invasão, mas a gente entende, faz parte do futebol”.

Na sequência, Sobis reforçou a cutucada em influenciadores digitais. “Precisamos de pessoas que querem o bem do Cruzeiro, e não de pessoas que criticam para ganhar likes. Volto a dizer, tem gente que se diz cruzeirense que não quer que o Cruzeiro ganhe. Por que? Porque deixam de ganhar dinheiro em suas plataformas”.

Em 13 rodadas na Série B, o Cruzeiro contabilizou apenas 11 pontos - duas vitórias, cinco empates e seis derrotas. Em meio ao momento delicado, Rafael ratificou o pedido de incentivo por parte dos apaixonados pela instituição.

“A gente tenta falar para o torcedor de verdade que estamos lutando, está muito difícil, mas quem está aqui quer o melhor do Cruzeiro. Sabemos bem a situação de todos os setores do clube e estamos tentando tirar força para melhorar”.

Em 17º lugar, a Raposa volta a campo contra o Vila Nova-GO, às 16h30 de sábado, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, conhecido como OBA, em Goiânia, pela 14ª rodada. O desfalque será o volante Matheus Barbosa, expulso após receber dois cartões amarelos diante do Remo.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Mozart Rafael Sobis