Após gol anulado do Cruzeiro, presidente dispara contra CBF: 'Absurdo'

Sérgio Santos Rodrigues utilizou o Twitter para criticar atuação do árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira na Arena do Jacaré

16/09/2021 21:29 / atualizado em 16/09/2021 23:37
compartilhe
Sérgio Rodrigues se revoltou com gol anulado do Cruzeiro
foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Sérgio Rodrigues se revoltou com gol anulado do Cruzeiro



Presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues disparou contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na noite desta quinta-feira, após o empate dos mineiros por 1 a 1 com o Operário-PR, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.



Fotos da confusão: expulsão, dedo na cara, chega pra lá e escolta



O mandatário reclamou da anulação do gol marcado pelo atacante Marcelo Moreno no último lance da partida. Em decisão polêmica, o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira viu toque no braço do meia Marco Antônio na construção da jogada. 



"É assim mesmo CBF que vocês querem impedir a gente de subir???? A-B-S-U-R-D-O. Lance é inconclusivo, o mínimo que tinha que ser feito era manter o resultado de campo!!", escreveu Sérgio. "Absurdo o que aconteceu hoje", complementou o presidente.

Mesmo com ajuda do VAR, Dalonso demorou cerca de 10 minutos para tomar uma decisão. O lance gerou grande confusão, e o técnico Vanderlei Luxemburgo acabou expulso do gramado por reclamação. 

Sem o gol do atacante boliviano, o Cruzeiro só empatou com o Operário e não conseguiu alcançar a segunda vitória consecutiva na Série B. O resultado também atrapalhou os planos do clube, que segue sonhando com o difícil acesso à elite do futebol nacional. Hoje, o clube é apenas o 12° colocado, com 30 pontos em 24 jogos.



Cruzeiro 1 x 1 Operário: torcida celeste vai da euforia à decepção



Compartilhe