Jaeci: Cruzeiro pede empréstimo de R$ 9 milhões a empresários, que rejeitam

Falta de garantias impediu ajuda financeira para pagamento de salários atrasados no clube

15/10/2021 13:15 / atualizado em 15/10/2021 14:23
compartilhe
Presidente Sérgio Rodrigues tentou empréstimo para regularizar salários no Cruzeiro
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Presidente Sérgio Rodrigues tentou empréstimo para regularizar salários no Cruzeiro


Em grave crise econômica e em meio à greve dos jogadores profissionais devido a salários atrasados, o Cruzeiro tentou o empréstimo de R$ 9 milhões nesta sexta-feira, de acordo com o colunista Jaeci Carvalho, do jornal Estado de Minas . A ajuda financeira pedida pelo próprio presidente celeste Sérgio Santos Rodrigues a empresários, no entanto, foi recusada. 

O valor pleiteado seria para o pagamento dos  salários atrasados do elenco. Os vencimentos somam justamente R$ 9 milhões, de acordo com informações de Jaeci Carvalho. 

A justificativa dos empresários para a recusa é de que não há garantias do Cruzeiro para o pagamento do empréstimo.  Clique aqui e saiba mais detalhes na coluna de Jaeci Carvalho. 

A uma semana de enfrentar o Avaí pela 31ª rodada da Série B, o Cruzeiro busca uma solução para encerrar as pendências salariais com jogadores e funcionários. Por causa dos recorrentes atrasos,  o elenco principal decidiu paralisar os treinamentos na Toca da Raposa II até que a diretoria apresente uma saída . O time celeste volta a campo na próxima sexta-feira, às 21h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Cruzeiro: clubes que viveram grandes crises




Compartilhe