Fluminense

FUTEBOL NACIONAL

Morre aos 73 anos, vítima de COVID-19, o narrador esportivo Paulo Stein

Corpo será cremado no Caju, Rio de Janeiro, apenas com presença de familiares

postado em 27/03/2021 15:43

(Foto: Reprodução )
A pandemia do coronavírus fez mais uma vítima, o jornalista esportivo Paulo Stein, de 73 anos. Stein apresentou sintomas da doença na última quarta-feira (24/3) quando procurou o Hospital Rocha Maia, em Botafogo. No dia seguinte, foi transferido para o Hospital Estadual Anchieta, no Caju.
 
Stein receberia ontem a primeira dose da vacina contra a COVID-19. No entanto, morreu na manhã deste sábado por volta das 8h30, devido a complicações da COVID-19. Atendendo a um pedido pessoal do próprio, seu corpo será cremado.
 
Paulo Stein tinha mais de 50 anos de carreira no jornalismo esportivo. Trabalhou no extinto Jornal dos Sports e no Estado de S.Paulo, além de escrever para revistas como Manchete Esportiva e Placar. Escreveu também para diversas revistas, como Placar e Manchete Esportiva. Em rádios passou por Tupi e Nacional antes de ir para a TV. Tem passagens por Bandeirantes, Rede Manchete, Record e TVE Brasil. Fez parte da equipe da ESPN Brasil entre 2008 e 2010. Entre 2011 e 2019, esteve no SporTV e no Premiere, ambos do Grupo Globo. 
 
A Associação dos Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj) soltou nota lamentando o falecimento do profissional. "A Acerj lamenta informar que morreu neste sábado, dia 27, o jornalista Paulo Stein, 73 anos, por complicações da COVID-19, no hospital Anchieta, no Caju. Referência do jornalismo esportivo, Paulo Stein será cremado no Caju na tarde deste domingo, na presença apenas da família", comunicou a entidade.

Tags: futnacional flamengorj vascorj botafogorj fluminenserj covid19