Fluminense

COPA SUL-AMERICANA

Fluminense empata sem gols no Chile e é eliminado na Copa Sul-Americana

Tricolor caiu por ter sido vazado pelo Unión La Calera no Maracanã

postado em 18/02/2020 21:35

(Foto: Javier Torres/AFP)
O Fluminense foi a Santiago na noite desta terça-feira em busca da classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana. Após empatar em 1 a 1 com o Union La Calera no Maracanã, o Tricolor precisava de uma vitória ou um empate por mais de um gol para avançar, mas não conseguiu mais que um 0 a 0 e deu adeus à competição continental.

Fora da final da Taça Guanabara, primeiro turno do Carioca, o Fluminense terá até o dia 26 de fevereiro para se preparar para a estreia na Copa do Brasil, contra o Moto Club, no Maranhão.



O JOGO

O Fluminense não tinha outra alternativa na partida que não fosse buscar o gol, já que um empate em 0 a 0 classificaria o La Calera. E logo que a bola rolou, os comandados de Odair Hellmann adiantaram a marcação e pressionaram a saída de bola do adversário, que se postou na defesa.

Mesmo com a forte marcação no campo do La Calera, o Flu não conseguia criar jogadas de perigo e mostrava até uma certa apatia em campo. Os chilenos aguentaram firme até os 20 minutos, quando começaram a se arriscar ao ataque.

Nenhuma das duas equipes esteve perto de abrir o placar no primeiro tempo. O La Calera assustou aos 24 em cobrança de escanteio ensaiada, mas o lance foi anulado por impedimento. Já o Flu só ameaçou aos 27 em chute de Nenê, defendido por Arias.

O panorama do jogo não mudou com o retorno das duas equipes para o segundo tempo. E o La Calera foi o primeiro a levar perigo em contra-ataque rápido aos 5 minutos. Cordero cruzou para Sáez, que, de cabeça, mandou a bola por cima do travessão.

Os chilenos passaram a abusar da catimba e das provocações para desconcentrar os atletas do Flu. O árbitro controlou os ânimos distribuindo cartões amarelos para Nenê e Andía, que se estranharam.

Odair Hellmann colocou Ganso em campo no lugar de Marcos Paulo. O meio de campo do Flu melhorou, mas a equipe ainda tinha dificuldades com a última bola e pouco finalizava. O Tricolor pressionava o La Calera, mas eram os chilenos que ameaçavam em contra-ataques.

Aos 34, Sáez avançou pela direita e cruzou. Valencia acertou o cabeceio mas Muriel defendeu.

Com o fim do jogo se aproximando, o Flu foi pra cima na base do abafa e com muitos cruzamentos sobre a área. Aos 42, depois de uma forte pressão, a bola sobrou para Yuri, que tentou de fora da área e Arias defendeu.

No minuto seguinte, o La Calera perdeu a melhor chance do jogo. Andrés Vilches ficou de frente para Muriel mas o goleiro do Flu salvou. No rebote, Castellani, com o gol vazio, mandou para fora.

UNION LA CALERA 0 X 0 FLUMINENSE

LA CALERA
Arias, Andía, Navarrete, Garcia e Cordero; Christián Vilches, Valencia, Castellani e Leiva; Stefanelli (Jeisson Vargas/Andrés Vilches
Atacante) e Sáez
Técnico: Juan Vojvoda

FLUMINENSE
Muriel, Gilberto, Luccas Claro, Digão e Egídio; Henrique (Matheus Alessandro), Yuri e Nenê; Caio Paulista (Michel Araújo), Marcos Paulo (Ganso) e Evanílson
Técnico: Odair Hellmann 

Local: estádio Nicolás Chahuán Nazar, em Santiago (Chile)
Data: 18 de fevereiro de 2019,
Árbitro: José Mendez (PAR)
Assistentes: Dario Gaona (PAR) e Eduardo Cardozo (PAR)
Cartões amarelos: Andía, Jeisson Vargas (CAL); Henrique, Nenê, Gilberto (FLU)

Tags: fluminense chile sulamericana futinternacional unión la calera