UAI

2

Manchester City goleia Wolverhampton e segue na ponta do Campeonato Inglês

Com quatro gols de Kevin De Bruyne, Citzens aplicam 5 a 1 no Wolves, fora de casa, e abre vantagem do Liverpool na liderança

11/05/2022 19:24 / atualizado em 11/05/2022 21:25
compartilhe
Kevin De Bruyne faz o sinal de quatro ao comemorar um dos gols do City
foto: Paul Ellis/AFP

Kevin De Bruyne faz o sinal de quatro ao comemorar um dos gols do City


Líder da Premier League, o Manchester City se aproximou ainda mais do título da competição. Nesta quarta-feira, a equipe de Pep Guardiola goleou o Wolverhampton, por 5 a 1, fora de casa, em duelo atrasado da 33ª rodada Campeonato Inglês. De Bruyne, quatro vezes, e Sterling marcaram para o City, e Dendoncker fez para o Wolves.

Com o resultado, o City se mantém na liderança com 89 pontos e descola do Liverpool, com três a menos. Já o Wolves, com 50, está em oitavo lugar.

O Manchester City volta a campo no próximo domingo para enfrentar o West Ham, também fora de casa, pela 37ª rodada do Inglês. Já o Wolves enfrenta o lanterna e já rebaixado Norwich, às 10 horas, do mesmo dia.



Primeiro tempo

De olho nos três pontos para abrir vantagem para o segundo colocado, o City abriu o placar aos sete minutos com Kevin De Bruyne, após tabela com Bernardo Silva. No entanto, o Wolves respondeu rápido e deixou tudo igual aos 11 com Dendoncker. Os mandantes saíram em contra ataque. Os Citizens logo ficaram à frente novamente.

Aos 15, De Bruyne aproveitou falha na defesa do goleiro e fez o segundo. Minutos depois, o belga recuperou a bola pela direita, invadiu a área e finalizou para fazer seu terceiro gol no jogo. Depois, Rodri arriscou de longe, mas mandou para fora. Nos minutos finais, De Bruyne também tentou de fora da área, sem efetividade.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, Sterling chegou a fazer o quarto, mas o jogador estava em posição irregular e o tento foi anulado. O Wolves assustou com Coady, de dentro da pequena área, mas Ederson salvou. Brilhando na partida, De Bruyne deixou mais um aos 14. Ele tocou para Phil Foden, recebeu de volta e balançou a rede pela quarta vez.

Por pouco, o City não fez mais um aos 21. De Bruyne tocou para Foden, que driblou a marcação e mandou na trave do Wolves. Na sequência, Ederson fez duas ótimas defesas em chutes de Dendoncker e Jiménez. Na reta final, Sterling recebeu cruzamento na área e empurrou para o fundo do gol. Ainda deu tempo de De Bruyne mandar uma bola na trave.

Compartilhe