UAI

2

Mancini, técnico da Itália, elogia Messi: "Pode mudar o jogo em um segundo"

Comandante da Azzurra, Roberto Mancini exalta craque argentino antes da 'Finalíssima' entre campeões continentais em Wembley

31/05/2022 20:11
compartilhe
Roberto Mancini exalta qualidade e o talento de Messi antes da 'Finalíssima'
foto: Glyn Kirk/AFP

Roberto Mancini exalta qualidade e o talento de Messi antes da 'Finalíssima'


O técnico da Seleção da Itália, Roberto Mancini, afirmou nesta terça-feira, véspera da Finalíssima contra a Argentina, que Lionel Messi continua sendo "o melhor do futebol" e o jogador a ser marcado de perto porque "pode mudar um jogo em um segundo".

"Na Itália, vivemos muitos anos com (Diego) Maradona e Messi é como ele, um dos melhores de todos os tempos", disse Mancini em entrevista coletiva antes do treino da Azzurra em Wembley.



"Nesta temporada, pode ser que não tenha feito tantos gols, porque mudou de time (do Barcelona para o Paris Saint-Germain) e de país. Talvez, precise de um pouco mais de tempo, mas creio que ele é o melhor. Amanhã, teremos que estar muito atentos com ele, porque pode mudar um jogo em um segundo", explicou o treinador.

Quem também elogiou Messi foi o zagueiro Leonardo Bonucci, um dos homens com a missão de marcar o craque argentino, que há menos de um ano conduziu a Argentina ao título da Copa América.

"Tive a sorte de jogar contra Messi muitas vezes. Ele ganhou a Bola de Ouro muitas vezes, já se provou. É difícil dar adjetivos ao seu nível. Continua sendo, junto com Cristiano Ronaldo, um dos melhores. Devemos respeitá-lo e estar preparados para pará-lo e para parar a seleção argentina", disse o experiente zagueiro da Juventus.

Tanto Mancini como Bonucci ressaltaram em várias ocasiões a força da Argentina e a importância da Finalíssima para a Itália, que não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo de 2022.

"É bom poder jogar este jogo. Itália e Argentina é um clássico do futebol mundial. Vai ser um jogaço", previu Mancini. "É uma grande seleção, cheia de campeões. Joga em um nível muito técnico e não vai ser fácil", acrescentou.


Compartilhe