UAI


Em noite de pênaltis perdidos, Grêmio e Fortaleza empatam sem gols; veja!

Yago Pikachu e Diego Souza desperdiçaram cobranças de pênaltis para Fortaleza e Grêmio

27/06/2021 23:26
compartilhe
Yago Pikachu (direita) e Diego Souza desperdiçaram cobranças de pênaltis para Fortaleza e Grêmio
foto: Lucas Uebel/Grêmio

Yago Pikachu (direita) e Diego Souza desperdiçaram cobranças de pênaltis para Fortaleza e Grêmio

Em uma noite com pênaltis perdidos pelos dois times, Grêmio e Fortaleza ficaram no empate sem gols, na Arena do Grêmio, neste domingo à noite pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Yago Pikachu e Diego Souza desperdiçaram cobranças de pênaltis para Fortaleza e Grêmio, respectivamente. O time gaúcho jogou com um jogador a menos desde os 13 minutos, quando Kannemann foi expulso.





O empate não foi bom para ninguém. O Grêmio segue sem vencer no Campeonato Brasileiro e continua na lanterna, com apenas dois pontos. Sensação no início da competição, o Fortaleza completou nesta rodada quatro partidas sem vitória. Com 12 pontos, está na quarta colocação.

Na quarta-feira, o Grêmio joga contra o Juventude em Caxias do Sul (RS) num duelo gaúcho.

No mesmo dia, o Fortaleza recebe a Chapecoense no Castelão.

Douglas Costa fazia sua primeira partida como titular e demorou apenas oito minutos para fazer sua jogada característica. Ele recebeu de Diogo Barbosa, puxou para o meio, limpou dois defensores e mandou à direita do gol.

O Grêmio tinha mais posse de bola, rondava a área do Fortaleza e criava algumas chances. A equipe gaúcha, porém, oferecia muito espaço para o contra-ataque do Fortaleza.

Aos 33, o Fortaleza quase abriu o marcador em uma jogada dessa. Ronald lançou Éderson, que invadiu a área e tocou por cima do goleiro, a bola tocou na rede pelo lado de fora.

Depois deste lance, o time cearense igualou as forças, passou a chegar mais ao gol do Grêmio e criou pelo menos duas boas chances de abrir o marcador, com Robson e Éderson, que pararam na defesa de Gabriel Chapecó. Antes do intervalo, porém, o Grêmio foi quem quase abriu o marcador, com Ferreira, que de cabeça, acertou a trave de Felipe Alves.

O segundo tempo começou com Rafinha salvando o Grêmio de tomar o primeiro depois que o goleiro Gabriel Chapecó errou na saída de bola e mandou no pé de Robson, que foi travado pelo lateral.

Logo em seguida o goleiro se redimiu. A defesa do Grêmio vacilou, Robson avançou sobre Kannemann e foi derrubado na área pelo argentino. O zagueiro foi expulso e a arbitragem marcou pênalti, que Gabriel Chapecó defendeu ma cobrança de Yago Pikachu. No rebote, o próprio Pikachu mandou para fora.

Aos 22 minutos, Gabriel Chapecó salvou o Grêmio mais uma vez em chute de David. Mesmo com um jogador a menos, o Grêmio chegou com perigo aos 29 minutos, quando Diogo Barbosa levantou para Diego Souza cabecear para a defesa de Felipe Alves.

O próprio Diego Souza desperdiçou a chance da vitória gremista aos 37 minutos. Após o árbitro Marcelo de Lima Henrique marcar toque na mão de Osvaldo na área do Fortaleza, o atacante gremista bateu para a defesa de Felipe Alves.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 0 FORTALEZA

GRÊMIO - Gabriel Chapecó; Rafinha, Pedro Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Victor Bobsin, Thiago Santos (Lucas Silva) e Matheus Henrique (Paulo Miranda); Douglas Costa (Léo Pereira), Diego Souza (Ricardinho) e Ferreira. Técnico: Thiago Nunes

FORTALEZA - Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Ederson, Ronald (Felipe), Romarinho (Osvaldo) e Lucas Crispim; Robson e David Técnico: Juan Vojvoda.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ)

CARTÕES AMARELOS - Douglas Costa(GRÊMIO)e Osvaldo, Éderson e Ronald(FORTALEZA)

CARTÃO VERMELHO - Kannemann (Grêmio)

RENDA e PÚBLICO - Portões fechados

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Compartilhe