UAI

2

Grêmio empata com Chapecoense e dá brecha para Cruzeiro abrir na Série B

Com um homem a menos desde a expulsão de Bitello, no primeiro tempo, tricolor segura igualdade na Arena Condá e pode perder posições

26/07/2022 21:05 / atualizado em 26/07/2022 21:43
compartilhe
Grêmio, de Diego Souza, perdeu Bitello por expulsão logo no primeiro tempo
foto: Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio, de Diego Souza, perdeu Bitello por expulsão logo no primeiro tempo


Na noite desta terça-feira, o Grêmio visitou a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC), e empatou sem gols. A partida, válida pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, foi marcada pela expulsão de Bitello, ainda na primeira etapa. O resultado foi bom para o Cruzeiro, líder, que soma 45 pontos e abrir vantagem na ponta, em caso de triunfo sobre o Brusque, fora de casa, no sábado, às 11h.

Assim, com o ponto, o Tricolor Gaúcho se manteve na vice-liderança e chega aos 37 na competição. Entretanto, pode perder posições em caso de triunfo do Vasco e do Bahia. Do outro lado, a Chape continua na 14ª colocação, com 23 pontos ganhos - apenas três a mais que o CSA, primeiro clube dentro do Z4. No entanto, devido aos critérios de desempate, a equipe catarinense não tem chance de voltar à zona da degola nesta rodada.



Assim, com o ponto, o Tricolor Gaúcho se mantém na vice-liderança e chega aos 37 na competição. Entretanto, pode perder posições em caso de triunfo do Vasco e do Bahia. Do outro lado, a Chape continua na 14ª colocação, com 23 pontos ganhos - apenas três a mais que o CSA, primeiro clube dentro do Z4. No entanto, devido aos critérios de desempate, a equipe catarinense não tem chance de voltar à zona da degola nesta rodada.

Portanto, na próxima jornada, a Chapecoense enfrenta o Vasco, às 16h (de Brasília) de domingo, em São Januário. Por sua vez, o Grêmio visita o Guarani, em Campinas, apenas na sexta-feira, a partir das 21h30.

O JOGO


No início do jogo, logo aos dois minutos, os visitantes levaram perigo. Ferreira roubou a bola no campo ofensivo e acionou Campaz, que ganhou do goleiro e cruzou, mas não encontrou ninguém na área. Depois, Biel chutou em cima do adversário.

Entretanto, a boa partida que os gremistas vinham fazendo foi dificultada aos 30 minutos. Isso porque Bitello apenas olhou para a bola, subiu demais a perna e acabou acertando o rosto de Perotti com as travas da chuteira. O árbitro então não teve dúvida em aplicar o cartão vermelho direto.

Apesar da vantagem numérica, a Chapecoense não levou perigo ao gol de Gabriel Grando no restante do primeiro tempo. Aliás, na volta do intervalo, foi o Grêmio que assustou logo no primeiro minuto. Guilherme enfiou para Diego Souza, que driblou o marcador e deu uma cavadinha sobre o goleiro Saulo. A bola passou perto, mas foi para fora com o desvio do arqueiro.

A resposta catarinense veio no minuto seguinte. Aos dois, Perotti arriscou de fora da área, mas errou o alvo. Aos 23, Maílton chutou de longe, no entanto, também para fora.

Por fim, com o passar do tempo, o confronto foi esfriando e as chances foram diminuindo. Portanto, a tônica do primeiro tempo se manteve e, mesmo com um a mais, não conseguiu furar o bloqueio gaúcho. No último lance, Perotti subiu mais que a defesa do Grêmio e cabeceou o cruzamento de escanteio, mas Gabriel Grando impediu o gol dos donos da casa.

CHAPECOENSE 0 X 0 GRÊMIO


CHAPECOENSE
Saulo; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando (Kevin); Maílton (Claudinho), Matheus Bianqui, Luizinho (Alisson) Felipe Ferreira (Lima); Chrystian (Jonathan) e Perotti
Técnico: Marcelo Cabo

GRÊMIO
Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Thiago Santos), Bitello e Campaz (Lucas Leiva); Biel (Janderson), Diego Souza (Elias) e Ferreira (Guilherme)
Técnico: Roger Machado

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 26 de julho de 2022, terça-feira
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: João Fábio Machado Brischiliari (PR) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ-VAR-FIFA)
Público: 11:302 torcedores
Renda: R$ 1.003.460,00
Cartões Amarelos: Roger Machado, Lucas Leiva, Nicolas (Grêmio)
Cartão Vermelho: Bitello (Grêmio)

Compartilhe