CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO A2

Cruzeiro, Atlético e América estreiam na Série A2 do Brasileiro Feminino nesta quarta-feira

Raposa, Galo e Coelho enfrentam Taubaté, Portuguesa e São Paulo

postado em 26/03/2019 18:00 / atualizado em 26/03/2019 18:44

<i>(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro, Cristiane Mattos/Atlético e Mourão Panda/América)</i>
Cruzeiro, Atlético e América estreiam na Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino nesta quarta-feira, às 15h, em São Paulo. No estádio Joaquinzão, em Taubaté, o time celeste pegará o clube local, enquanto o Atlético estará na capital paulista para medir forças com a Portuguesa, no Canindé. Já o América visitará o São Paulo no estádio Marcelo Portugal, que integra o complexo do Centro de Formação de Atletas Presidente Lautel, em Cotia.

O jogo contra o Taubaté, pelo Grupo 5, será um marco na história do Cruzeiro, que pela primeira vez terá um time feminino em ação. Em entrevista ao site oficial do clube celeste, a volante Nathália exaltou o período de preparação. “Fizemos uma pré-temporada muito intensa, o nosso time vem forte. Estamos gostando muito da postura da equipe nos treinamentos e esperamos ter um ótimo resultado na estreia. Tivemos informações sobre o Taubaté, sabemos que é um time difícil, mas temos condições de fazer um bom jogo”.

O técnico Hoffmann Túlio se mostrou confiante em um bom resultado. “Completamos um mês de preparação, o trabalho foi todo bem feito pelo departamento de futebol. Esperamos alcançar um bom resultado em Taubaté. Sabemos da importância do jogo, que será difícil, contra um semifinalista do Campeonato Paulista. As meninas estão tranquilas, com a cabeça no lugar e sabem bem o que é preciso fazer”.

Sem poder contar com as atacantes Paula Vicenzo e Kim, lesionadas, e a meia Micaelly, que ainda não teve a documentação regularizada, o provável time do Cruzeiro terá Camila; Isa Leone (Janaína), Lia, Pires (Jajá) e Hingredy; Nathália, Karol Dias, Thay (Raíza) e Duda; Miriã e Vanessa.

Também em processo de formação, o Atlético venceu as duas partidas pela Copa BH, contra Rock In Rio (6 a 0) e Santa Maria (8 a 1). No amistoso diante do América, no Mineirão, a equipe alvinegra acabou derrotada por 3 a 0.

Coordenadora de futebol do time feminino, Nina Abreu comentou os preparativos finais para o início da caminhada atleticana no Grupo 4 da competição. “Estamos em um trabalho de evolução. A gente sabe sabe que o Campeonato Brasileiro é sempre uma pressão maior, pois tem um nível de competitividade maior do que o que estamos disputando. Apesar do entusiasmo das atletas, há um respeito muito grande à equipe da Portuguesa. Estamos indo para São Paulo confiantes em apresentar o melhor do nosso grupo”, afirmou, em entrevista ao site oficial do Atlético.

Já o América vem bastante embalado pela vitória sobre o Atlético no amistoso. Em declaração ao site oficial do clube, a técnica Kethleen Azevedo considerou positivo o período preparatório do elenco. “A expectativa é muito boa. Durante esse tempo de preparação, conseguimos montar uma equipe muito forte e competitiva. Vejo que as jogadoras estão bem focadas. Porém, por se tratar de uma estreia, há um pouco de ansiedade e isso é normal. No entanto, assim que a bola rolar, isso vai passar. É um adversário muito difícil, portanto acredito que teremos dificuldades. Mas confio muito na equipe e confio que jogaremos de igual para igual. É pensar jogo a jogo para buscarmos a classificação”.

Uma das remanescentes do time de 2018, a lateral-esquerda Dani Peré faz alerta para os cuidados que as Coelhinhas têm de tomar contra o São Paulo no Grupo 6. “O jogo gera uma expectativa muito grande por ser a estreia e por jogarmos contra o São Paulo, uma equipe que quer se consolidar no futebol feminino. Também tem o fato de estarmos fora de casa. Porém, creio que nossa equipe está bem e preparada para o confronto. Fizemos alguns amistosos produtivos. Sabemos da nossa responsabilidade de representar uma camisa pesada como a do América. Estamos confiantes e unidas. Sabemos os pontos fortes e fracos do time adversário. Portanto, creio que será um jogo bom e que temos tudo para ganhar a partida. Espero que, com a união de todos e dedicação, conquistemos um bom resultado para irmos em busca do nosso primeiro objetivo, que é a classificação”.

O Campeonato Brasileiro Feminino Série A2 conta com 36 clubes divididos em seis chaves. Haverá, portanto, cinco rodadas na primeira fase. Classificam-se às oitavas de final o primeiro e o segundo colocado de cada grupo, além dos quatro melhores terceiros. A partir dessa etapa haverá duelos eliminatórios em jogos de ida e volta, até que se conheça o campeão. Os quatro semifinalistas subirão à Série A1 do Brasileiro em 2020.

Jogos do Cruzeiro (Grupo 5)

Taubaté x Cruzeiro, 27/03, às 15h

Cruzeiro x Aliança-GO, 13/04, às 15h (Sesc Venda Nova)

Vasco x Cruzeiro, data e horário a serem definidos

Cresspom-DF x Cruzeiro, data e horário a serem definidos

Cruzeiro x Fluminense, data e horário a serem definidos

Jogos do Atlético (Grupo 4)

Portuguesa x Atlético, 27/03, às 15h

Atlético x Toledo, 13/04, às 15h

Moreninhas-MS x Atlético, 17/04, horário a definir

Atlético x Grêmio, 24/04, horário a definir

Palmeiras x Atlético, 01/05, horário a definir

Jogos do América (Grupo 6)

São Paulo x América, 27/03, às 15h

América x Vila Nova-ES, 13/04, às 15h

Botafogo x América, data e horário a serem definidos

Chapecoense x América, data e horário a serem definidos

América x Duque de Caxias-RJ, data e horário a serem definidos

Tags: futebol feminino futnacional interiormg americamg atleticomg cruzeiroec