FUTEBOL MINEIRO

De virada e com dois gols de Marrony, Atlético vence o América em jogo-treino na Cidade do Galo

Novo reforço do Galo, jovem atacante aproveitou a chance como titular; Hyoran completou o placar para o Galo; Rodolfo e Felipe Augusto fizeram os gols do Coelho

postado em 15/07/2020 12:30 / atualizado em 15/07/2020 13:30

(Foto: Divulgação/América)

O Atlético venceu o América por 3 a 2 em jogo-treino realizado na manhã desta quarta-feira, na Cidade do Galo. Todos os gols foram marcados com os titulares em campo. A atividade foi didivida em quatro tempos de 30 minutos.

Rodolfo abriu o placar para o América no primeiro tempo. No segundo, Marrony empatou. Felipe Augusto fez o segundo do Coelho, mas Marrony voltou a empatar. No fim, Hyoran, de pênalti, deu números finais ao jogo. 



Nos dois últimos tempos, muita movimentação, mas a rede não balançou mais. O maior destaque ficou para lesão de Diego Tardelli, que se machucou em dividida e deixou o campo de maca.

A partida foi transmitida pela TV Galo, que teve pico de 91 mil pessoas, e pela TV Coelho, com pico de 15 mil.

A atividade serviu de preparação para o reinício do Campeonato Mineiro. As duas equipes se enfrentam no dia 26 de julho, às 16h, pela 10ª rodada do Estadual. Líder, o Coelho já está classificado para as semifinais. O Galo é o terceiro e precisa de apenas uma vitória para avançar.



O jogo

O jogo-treino foi dividido em quatro tempos de 30 minutos. No primeiro, o Galo teve mais a bola, mas não conseguiu penetrar o sistema defensivo do Coelho. Já a equipe alviverde apostou nos erros defensivos do alvinegro para sair em velocidade e criar as suas oportunidades.

O time comandado por Jorge Sampaoli mostrou algumas características, como a saída de bola pelos zagueiros, muita movimentação, pressão na saída de bola e pontas bem abertos no campo. Savarino e Marquinhos foram muito acionados, mas não produziram muito. As melhores chances do time foram criadas pelo jovem revelado na base do clube. Uma finalização parou no goleiro Airton. Em outra jogada, ele deixou Hyoran em condições de marcar, mas o chute passou rente à trave.

Já o América aproveitou erros do Galo para contra-atacar pelo lado esquerdo, nas costas de Guga. De lá surgiu grande oportunidade desperdiçada por Felipe Augusto e o primeiro gol do jogo-treino, marcado por Rodolfo. E foi um belo gol. A jogada começou em tiro de meta do goleiro Airton e passou por quase todos os jogadores da equipe. No fim, após cruzamento na área, Allan cortou errado e a bola sobrou para o centroavante americano chutar na saída de Rafael: 1 a 0.

Os dois times voltaram com as mesmas formações para o segundo tempo. E o jogo foi mais movimentado. Aos 7’, o Atlético apertou a marcação no campo de ataque e roubou a bola. Hyoran avançou e achou Marrony livre entre os zagueiros. O centroavante deu leve toque e empatou o jogo na Cidade do Galo: 1 a 1.

Mas não deu tempo nem de comemorar. O América saiu jogando pelo lado esquerdo e a bola chegou em Rodolfo, que cruzou rasteiro. Felipe Augusto apareceu antes da marcação e tocou sem chances para Rafael: 2 a 1.

Mais uma vez em desvantagem no placar, o Atlético manteve o estilo de jogo e conseguiu o empate em bela jogada que começou pelo lado esquerdo. Depois de troca de passes, Savarino foi acionado no lado direito e cruzou para Marquinhos, que dominou e cabeceou para Marrony. O atacante dominou e finalizou sem chances para Airton: 2 a 2.

O Atlético seguiu com domínio das ações, enquanto o América apostava em contra-ataques para buscar o gol. E, aos 26’, Arana cruzou e o árbitro assinalou pênalti de Leandro Silva, que cortou a bola com o braço. Na cobrança, Hyoran finalizou forte e virou para o Galo: 3 a 2

Times mudados

Para a segunda parte do jogo-treino, os técnicos Jorge Sampaoli e Lisca colocaram times completamente diferentes em campo. No Galo, alguns jovens como Guilherme Castilho e Sávio, de apenas 16 anos, entraram em campo, assim como os reforços Léo Sena, Bueno e Junior Alonso, que ainda não foi apresentado pelo clube.

O América também colocou alguns jovens em campo, como Lucas Luan e Sabino, além do zagueiro Anderson, único reforço do time durante a pandemia. 

As equipes diminuiram o ritmo e foram poucas chances criadas. A melhor delas foi de Otero, que quase marcou de falta.

Para o último tempo, o técnico Lisca mexeu mais algumas vezes na equipe, colocando outros jovens em campo. E, logo no começo, um lance que preocupou os dois times na Cidade do Galo. O atacante Diego Tardelli se machucou em dividida e deixou o campo de maca. As equipes seguiram em ritmo mais lento e o placar não foi alterado.



ATLÉTICO 3 X 2 AMÉRICA


Escalações da primeira parte do jogo-treino 

Atlético

Rafael; Guga, Igor Rabello, Réver e Guilherme Arana; Allan, Nathan e Hyoran; Savarino, Marquinhos e Marrony
Técnico: Jorge Sampaoli

América

Airton; Leandro Ferreira, Lucas Kal, Eduardo Bauermann e Sávio; Zé Ricardo, Juninho e Alê (João Paulo, aos 17/2ºT); Ademir (Carlos Alberto, aos 22/2ºT), Felipe Augusto (Matheusinho, aos 17/2ºT) e Rodolfo (Léo Passos, aos 22/2ºT)
Técnico: Lisca

Gols: Marrony, aos 7/2ºT e aos 12/2ºT e Hyoran, aos 26/2ºT (Atlético); Rodolfo, aos 24/1ºT e Felipe Augusto, aos 8/2ºT (América)

Escalações da segunda parte do jogo-treino

Atlético

Victor; Maílton, Bueno, Junior Alonso e Fábio Santos; Léo Sena, Guilherme Castilho (Calebe, aos 10/4ºT) e Borrero; Otero, Sávio e Diego Tardelli (Giovani, aos 7/4ºT)
Técnico: Jorge Sampaoli

América
Jori (Léo Lang, no intervalo para o 4ºT); Diego Ferreira (Thalys, aos 12/4ºT), Joseph (Luisão, no intervalo para o 4ºT), Anderson e Lucas Luan; Sabino (Carlos Alberto, no intervalo para o 4ºT, depois Rickson, aos 12/4ºT)), Flávio (Sabino, aos 12/4ºT) e Rickson (João Gabriel, no intervalo para o 4ºT); João Paulo (Marcelo Toscano, no intervalo para o 4ºT), Léo Passos (Vitão, no intervalo para o 4ºT) e Matheusinho (Kawê, no intervalo para o 4ºT)
Técnico: Lisca

Tags: galo atlético américa americamg atleticomg