Paraná

ATLÉTICO

Levir assume responsabilidade por postura do Atlético contra o Paraná: 'Tem que ser inteligente'

Com dois a mais em boa parte da partida, time alvinegro venceu lanterna por 1 a 0

postado em 15/11/2018 01:08

Bruno Cantini/Atlético

Após 45 dias de ‘jejum’, o Atlético finalmente voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Mas não foi exatamente do jeito que o torcedor esperava. Com dois a mais durante boa parte da partida no Durival Britto, o time alvinegro conquistou um ‘magro’ triunfo por 1 a 0 sobre o lanterna e já rebaixado Paraná, pela 34ª rodada.


No segundo tempo, a equipe mineira teve mais a posse, mas pouco criou. Nos minutos finais do jogo, o Atlético optou por segurar a bola, passá-la de pé em pé, de um lado para o outro, e não se arriscar. E, diante de críticas por conta do desempenho, o técnico Levir Culpi assumiu a responsabilidade pela postura adotada pelo time.

“A vitória foi o mais importante. Chegou num ponto da partida em que você tem que ser inteligente. Você está ganhando a partida… A necessidade de fazer dois, três a zero, é a mesma coisa. Vale os três pontos. Era uma questão de girar a bola de um lado para o outro, que eu pedi já no final da partida. Você poupa jogadores. Você tem mais cinco jogos decisivos ainda. Então, é uma questão de inteligência. A decisão foi minha”, disse o treinador após a vitória.

Ao fim do jogo, o Atlético teve 71% da posse de bola, contra apenas 29% do Paraná. O time alvinegro trocou 634 passes certos (ante 164 do rival) e finalizou dez vezes - o dobro dos donos da casa. Os números mostram o domínio dos comandados de Levir Culpi, mas não dizem tanto da postura cautelosa adotada em parte do segundo tempo.

“Teve a minha responsabilidade nessa falta de penetração. E a outra é realmente essas fases de jogadores, que não estão desempenhando como a gente esperava. Criação nem tanto, mas mais objetividade mesmo, determinação, finalização, aparecer mais para finalizar, aproveitar melhor as oportunidades. Realmente, criamos poucas oportunidades”, admitiu Levir.


Embora ‘magro’, o triunfo sobre o já rebaixado Paraná foi importante para as pretensões do Atlético no Campeonato Brasileiro. O resultado no Sul do país fez o Atlético chegar aos 50 pontos e se manter na sexta colocação, que lhe garantiria vaga na próxima edição da Copa Libertadores. 

“Se a gente saísse daqui com o empate, era: ‘Queremos raça, queremos não sei o quê’. É aquela história. Na verdade, não faltou raça e não faltou inteligência. Nós controlamos a partida, administramos a partida. Nós não jogamos bem, não demos espetáculo, mas nós conquistamos o que precisávamos, os números, os três pontos. Não é da forma que eu gosto e que a maioria de nós gostamos, mas foi o necessário, a conta necessária”, valorizou o treinador.

O Atlético tem um ponto de vantagem sobre o sétimo colocado Cruzeiro. O time celeste, entretanto, não entra na conta, pois já está garantido na próxima Libertadores por ter conquistado o título da Copa do Brasil este ano. Logo abaixo aparecem Atlético-PR (47 pontos) e Santos (46). Os paulistas enfrentam o Flamengo, no Maracanã, a partir das 17h (de Brasília) desta quinta-feira, pela 34ª rodada.

Tags: levir culpi paranapr galo seriea futnacional interiormg atleticomg