UAI

2

Belletti deve ocupar vaga de Alex no comando do Sub-20 do São Paulo

Alex comunicou à diretoria do São Paulo que não continuará como técnico da equipe a partir do fim de seu contrato, em dezembro deste ano

05/07/2022 13:08 / atualizado em 05/07/2022 13:27
compartilhe
Até janeiro deste ano, Belletti integrava a comissão técnica fixa do Cruzeiro, mas foi dispensado pela gestão de Ronaldo
foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Até janeiro deste ano, Belletti integrava a comissão técnica fixa do Cruzeiro, mas foi dispensado pela gestão de Ronaldo

O São Paulo já tem um nome definido para ser o sucesso de Alex como técnico do time Sub-20. Trata-se de Juliano Belletti, pentacampeão do mundo pela Seleção Brasileira como atleta tricolor e que até o fim do ano passado estava no Cruzeiro, como auxiliar técnico.

A diretoria do tricolor paulista já abriu conversas com o ex-lateral-direito, mas o negócio ainda não está fechado, conforme apurou a Gazeta Esportiva.

Belletti tem o curso de Licença Pro da CBF e terá a missão de dar continuidade ao trabalho de Alex – que já comunicou à diretoria que não permanecerá no São Paulo após o fim de seu contrato, que expira em dezembro deste ano.

À frente do Sub-20, Alex levou o São Paulo até a semifinal da Copinha de 2022 e à grande decisão do Campeonato Brasileiro da categoria, perdendo o título para o Internacional.

Além disso, também contribuiu na revelação de alguns nomes para o time profissional, como Pablo Maia, Luizão, Lucas Beraldo, Moreira, Juan e Caio.

Kaká era cogitado para o cargo, já que vem se preparando para ser treinador, mas o fato de ele priorizar o término do curso de gestão de futebol da UEFA (o que acontecerá apenas em novembro) acabou impossibilitando sua chegada a Cotia.

Belletti no Cruzeiro


Belleti chegou ao Cruzeiro em setembro de 2020 para ocupar o cargo de diretor de negócios internacionais. Em fevereiro de 2021, por decisão do presidente Sérgio Rodrigues, virou auxiliar técnico fixo da comissão de Felipe Conceição. 

Em janeiro de 2022, ele foi demitido pela equipe de Ronaldo – pouco mais de 15 depois de o Fenômeno comprar 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e promover grande reformulação em todas as áreas do clube.

"Gratidão eterna. Meu primeiro clube como jogador e meu primeiro clube como treinador. Obrigado ao Sérgio Rodrigues (presidente), Rodrigo Moreira (diretor de marketing) e Gustavo Caetano (empresário parceiro do clube) por me proporcionarem a oportunidade de voltar. Valeu, Nação Azul! Que Deus esteja sempre com vocês!", escreveu, em post nas redes sociais.


Compartilhe