UAI

2

Vasco bate a Ponte Preta e conquista primeira vitória na Série B

Time carioca vence em São Januário com gol de Raniel e quebra jejum na Segunda Divisão depois de passar quatro rodadas em branco

27/04/2022 23:53 / atualizado em 28/04/2022 00:38
compartilhe
Com apoio da torcida, Vasco quebra jejum e vence a primeira na Série B
foto: Daniel Ramalho/Vasco

Com apoio da torcida, Vasco quebra jejum e vence a primeira na Série B


O Vasco precisou de quatro rodadas para conseguir a primeira vitória na Série B em 2022. Na noite desta quarta-feira, o primeiro triunfo cruzmaltino na competição finalmente chegou. Diante da Ponte Preta, em São Januário, o Gigante da Colina venceu por 1 a 0. O gol que garantiu os três pontos saiu dos pés de Raniel, no primeiro tempo.




As duas equipe voltam a campo neste final de semana, pela quinta rodada da competição nacional. O primeiro em ação será a Ponte Preta, no sábado, contra O Brusque-SC, no Moisés Lucarelli. Já o Vasco visitará o Tombense no domingo.

O JOGO


A partida em São Januário começou truncada, com as duas equipes marcando muito e dificultando as ações do adversário. O Vasco tinha uma pequena superioridade na posse de bola, mas a Ponte fazia um jogo seguro.

A equipe cruzmaltina mostrou evolução com a escolha de Andrey Santos no lugar de Zé Gabriel e foi se soltando. Aos 30 minutos, o time abriu o placar. Após chute de Figueiredo que Caíque França defendeu, o Vasco teve um escanteio a seu favor pela direita. Nenê cobrou no segundo pau e achou Figueiredo, que tocou para o meio e Raniel completou para o gol.

A Ponte não abaixou a cabeça e o jogo continuou movimentado até o intervalo. Satisfeita, a torcida vascaína aplaudiu o time na saída para o vestiário.

O jogo voltou a ficar mais truncado no início do segundo tempo, com muitas faltas cometidas pelas duas equipes. A Ponte tentava sair em velocidade em busca do empate, mas o Vasco, bem organizado defensivamente, tinha sempre a vantagem numérica na sua retaguarda.

Conforme o tempo passava, a Macaca aumentava a pressão e o Vasco recuava e se fechava cada vez mais. Sem muitas opções de penetração, a Ponte abusou das bolas alçadas na área.

Assim como em outros jogos, o Cruzmaltino voltou a cair de produção na segunda etapa. O time produziu muito pouco ofensivamente, mas a Ponte também não conseguiu chegar perto do gol e amargou o revés fora de casa.

VASCO 1 x 0 PONTE PRETA


VASCO
Alexander, Gabriel Dias (Weverton), Quintero, Anderson Conceição e Riquelme (Edimar); Yuri Lara, Andrey dos Santos e Nenê (Palacios); Gabriel Pec, Raniel (Getúlio) e Figueiredo (Vinícius)
Técnico: Zé Ricardo

PONTE PRETA
Caíque França, Norberto, Thiago Oliveira, Fábio Sanches e Artur (Jean Carlos); Felipe Amaral (Wallisson), Ramon Carvalho (Matheus Anjos) e Léo Naldi (Pedro Júnior); Luis Otávio (Gabriel Venâncio), Lucca e Danilo Gomes
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27 de abril de 2022, quarta-feira
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR-Fifa)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões Amarelos: Nenê, Anderson Conceição, Riquelme (Vasco); Felipe Amaral, Léo Naldi, Wallisson (Ponte)
GOL: Raniel, aos 30min do 1ºT

Compartilhe