UAI

2

Vasco arranca empate do Ituano e permanece na vice-liderança da Série B

Time carioca sofre, mas busca igualdade em São Januário, evita tropeço e é ajudado por empate do Bahia para manter o segundo lugar

19/07/2022 23:50
compartilhe
Vasco, de Nenê, buscou empate em casa diante do Ituano na Série B
foto: Daniel Ramalho/Vasco

Vasco, de Nenê, buscou empate em casa diante do Ituano na Série B


O Vasco não teve boa atuação nesta terça-feira e empatou por 1 a 1 com o Ituano, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos seguem na vice-liderança da Série B, com 35 pontos. Já os paulistas chegaram a 20, ainda ameaçado pela degola.

O Ituano abriu o placar no primeiro tempo, com Rafael Elias. Já o Vasco chegou ao empate na etapa final, com Raniel.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o Vila Nova, neste sábado, às 16h30, em Goiânia. Já o Ituano joga no mesmo dia, contra a Chapecoense, às 19h, no Novelli Júnior, em Itu.



O JOGO


O Vasco começou a partida tentando pressionar o Ituano, que se fechava. A primeira boa chance aconteceu aos 14 minutos, quando Gabriel Pec cruzou rasteiro, mas Erick não conseguiu a finalização. Só que no contra-ataque, os visitantes abriram o placar. Rafael Elias pegou rebote de Thiago Rodrigues e mandou para a rede.

O revés não mudou a postura do Vasco. Tanto que os cruzmaltinos quase empataram aos 18 minutos. Após cruzamento, Yuri cabeceou para boa defesa de Filipe. Só que o Ituano tentava aproveitar os espaços dados pelos donos da casa e assustou com Neto Berola.

O panorama da partida seguiu igual nos minutos finais. O Vasco quase marcou aos 42 minutos, quando Nenê cobrou falta na trave. O lance animou os donos da casa que aumentaram a pressão e acertaram a trave novamente, desta vez com Raniel. Só que os cruzmaltinos tiveram que sair para o intervalo atrás no placar.

No segundo tempo, o Vasco tentou esboçar uma pressão, mas sofria com a pouca criatividade. O Ituano também não levava perigo. A primeira boa chance aos 16 minutos, quando Raniel foi lançado na área e chutou em cima de Filipe. Os paulistas assustaram em cobrança de escanteio de Gerson Magrão que quase foi direto para a rede.

Com o passar do tempo, a torcida do Vasco se irritou com a falta de objetividade da equipe e hostilizou o técnico Maurício Souza. Quando parecia que os cruzmaltinos iriam sentir o nervosismo, os cariocas chegaram ao empate, aos 32 minutos. Após cobrança de escanteio, Quintero cabeceou, Filipe falhou ao fazer a defesa e Raniel aproveitou para mandar para a rede.

Na parte final, o Vasco voltou a tentar pressionar em busca da virada. No entanto, o Ituano recuou de vez e conseguiu segurar o empate em São Januário.

VASCO 1 x 1 ITUANO


VASCO
Thiago Rodrigues, Gabriel Dias (Léo Matos), Quintero, Anderson Conceição e Edimar (Riquelme); Yuri Lara (Juninho), Andrey dos Santos e Nenê; Gabriel Pec (Marlon Gomes), Erick (Eguinaldo) e Raniel
Técnico: Maurício Souza

ITUANO
Filipe, Kaio, Lucas Dias, Bernardo Schappo e Mário Sérgio; Rafael Pereira (Dudu Pereira), Caique (Jiménez) e Lucas Siqueira; Neto Berola (Gerson Magrão), Rafael Elias (Bruno Lopes) e Aylon (Chrigor)
Técnico: Carlos Pimentel

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: Terça-feira, 19 de julho de 2022

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR-Fifa)

Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões amarelos: Quintero, Yuri e Anderson Conceição (Vasco); Caique, Kaio, Filipe e Bruno Lopes (Ituano)

GOLS: Rafael Elias, aos 14min do 1ºT; Raniel, aos 32min do 2ºT

Compartilhe