UAI


Em retorno a Wimbledon, Murray bate georgiano e avança à segunda rodada

Britânico vence o número 28 do ranking por 3 a 1 na estreia

28/06/2021 19:51
compartilhe
Andy Murray teve o apoio da torcida no retorno a Wimbledon e correspondeu com a vitória
foto: Glyn Kirk/AFP

Andy Murray teve o apoio da torcida no retorno a Wimbledon e correspondeu com a vitória


Em seu retorno à chave de simples de Wimbledon, Andy Murray não decepcionou nesta segunda-feira. O dono de dois títulos na grama de Londres superou o georgiano Nikoloz Basilashvili, 28º do ranking, por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/3, 5/7 e 6/3, em 3h32min de confronto.

O tenista escocês não jogava em simples no Grand Slam britânico desde 2017. Em 2019, competiu nas duplas masculinas e nas duplas mistas para ganhar ritmo de jogo, após problemas físicos no quadril. A edição de 2020 do tradicional torneio não foi realizada por causa da pandemia.

Murray mostrou bom desempenho nos dois primeiros sets, mas caiu de rendimento no terceiro, quando Basilashvili aproveitou o momento favorável para levar a melhor. No quarto set, porém, o ex-número 1 do mundo voltou a jogar em nível mais elevado e sacramentou a vitória, diante da festa da torcida local - a quadra central pode usar 50% de sua capacidade.

Convidado da organização e atual 118º do mundo, Murray vai enfrentar na segunda rodada o vencedor do duelo entre o francês Arthur Rinderknech e o alemão Oscar Otte.

A segunda-feira também foi de zebra em Wimbledon. Vice-campeão de Roland Garros e um dos favoritos ao título em Londres, Stefanos Tsitsipas foi eliminado logo em sua estreia. Sem vencer um set sequer, o grego foi derrotado pelo americano Frances Tiafoe por 6/4, 6/4 e 6/3.

Já o sul-africano Kevin Anderson, vice-campeão em 2018, confirmou sua vaga na segunda rodada. E garantiu novo confronto com Novak Djokovic, na reedição da final de três anos atrás. Anderson superou na estreia o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera por 6/7 (4/7), 6/4, 6/4 e 7/6 (7/4).

Dois dos principais cabeças de chave, o russo Andrey Rublev (5º) e o espanhol Roberto Bautista Agut (8º) também venceram. Rublev despachou o argentino Federico Delbonis por 4/6, 6/4, 6/1 e 6/2. Seu próximo adversário ainda não foi definido - 16 jogos marcados para esta segunda foram adiados por causa da chuva.

Bautista Agut superou o australiano John Millman por 6/2, 3/6, 6/3 e 7/6 (7/4). Em seguida, duelará com o sérvio Miomir Kecmanovic. Entre outros cabeças de chave, o italiano Jannik Sinner (19º) decepcionou ao ser batido pelo húngaro Marton Fucsovics por 5/7, 6/3, 7/5 e 6/3. Já o russo Karen Khachanov (25º) bateu o americano Mackenzie McDonald por 3/6, 6/3, 6/4 e 7/6 (7/3).

Também estrearam com vitória o checo Jiri Vesely, o italiano Andreas Seppi, o americano Denis Kudla, o alemão Dominik Koepfer, o canadense Vasek Pospisil, o britânico Liam Broady e o espanhol Pedro Martínez.

FEMININO

A outra chave de simples de Wimbledon começou com surpresa. Dona de dois títulos em Londres, a checa Petra Kvitova foi derrubada pela americana Sloane Stephens por 6/3 e 6/4. Já a espanhola Garbiñe Muguruza, campeã de Wimbledon em 2017, arrasou a francesa Fiona Ferro por 6/0 e 6/1.

Também venceram nesta segunda as seguintes cabeças de chave: as americanas Sofia Kenin (4ª) e Madison Keys (23ª), a polonesa Iga Swiatek (7ª), a casaque Elena Rybakina (18ª) e a russa Ekaterina Alexandrova (32ª). Já a russa Veronika Kudermetova (29ª) se despediu de forma precoce.


Compartilhe