UAI

2

Minas anuncia contratação da jovem levantadora Jacke Pina

Revelação do Barueri, jogadora de 22 anos ganhou título com a Seleção Brasileira Sub-23 e reforça a equipe minas-tenista

07/07/2022 21:43 / atualizado em 07/07/2022 21:55
compartilhe
Jacke, que estava no Barueri, reforçará o Minas na próxima temporada
foto: Carolina Oliveira Fotografia

Jacke, que estava no Barueri, reforçará o Minas na próxima temporada


Depois da líbero Nyeme, ex-Sesi Bauru, o Minas anunciou mais um reforço para o time feminino de vôlei. O clube oficializou a chegada da levantadora Jackeline Pina, mais conhecida como Jacke, que estava no Barueri, time dirigido pelo técnico da Seleção Brasileira, José Roberto Guimarães. Ela chega como opção para o lugar de Macris, que se transferiu para o Fenerbahce, da Turquia. 

A exemplo de Nyeme, o Minas apostou em mais uma revelação do vôlei nacional. Jacke, de 22 anos e 1,74m, foi eleita a melhor levantadora dos Jogos Pan-Americanos Júnior - competição que conquistou recentemente com a Seleção Brasileira Sub-23, na Colômbia.

Jacke espera projeção em uma equipe de ponta como o Minas, que vem conquistando títulos em nível nacional e continental. "Estou muito feliz por essa nova fase da minha vida. Me senti privilegiada pela oportunidade de vestir a camisa do Minas, primeiro pelo reconhecimento do meu trabalho, mas também por se tratar de uma equipe forte em sua essência. Representar um clube tão tradicional é uma grande responsabilidade, mas também um grande orgulho. Tenho certeza que será uma experiência incrível", destacou.

Jacke Pina será opção para repor saída de Macris, que foi para a Turquia
foto: Minas/Divulgação

Jacke Pina será opção para repor saída de Macris, que foi para a Turquia



A jovem levantadora terá a companhia de uma experiente colega na posição. Pri Heldes teve o contrato renovado e vai continuar no Minas na próxima temporada. Também estão garantidas no clube as centrais Carol Gattaz, Thaisa e Julia Kudiess, as ponteiras Pri Daroit e Pri Souza, a oposta Kisy e a líbero Nyeme. 

Além de Macris, o Minas sofreu mais baixas. A experiente líbero Léia deixou o clube e acertou com o Sesi Bauru. A ponteira turca Nery Oszoy e a oposta norte-americana Danielle Cuttino também não estão mais no grupo feminino. 


Compartilhe