Vôlei

SUL-AMERICANO DE CLUBES

Cruzeiro vence o Bolívar e avança em primeiro no Sul-Americano de Clubes

Time celeste sofre nos dois últimos sets, mas aplica 3 a 0

postado em 12/02/2020 22:24 / atualizado em 12/02/2020 22:31

(Foto: Agência i7/Cruzeiro)
O Cruzeiro avançou às semifinais do Sul-Americano de Clubes em primeiro lugar. Nesta quarta-feira, no Ginásio do Riacho, em Contagem, o time celeste derrotou o Bolívar, da Argentina, por 3 sets a 0, conquistou o segundo triunfo seguido e confirmou a liderança do Grupo A. As parciais foram de 25/18, 29/27 e 25/23.

Com seis pontos e líder do Grupo A, o Cruzeiro folga na última rodada da fase de classificação e aguarda o adversário nas semifinais. O Bolívar decide o segundo lugar da chave contra o Juan Ferreira, do Uruguai, nesta quinta-feira, às 18h, no Riacho.

No primeiro jogo desta quarta-feira, o Taubaté, atual campeão da Superliga, estreou com vitória sobre o Regatas Lima, do Peru, por 3 sets a 0 (25/16, 25/20, 25/13). O time paulista decide o primeiro lugar do Grupo B contra o UPCN, da Argentina, nesta quinta, às 20h, fechando a rodada dupla.

Nas semifinais, o time celeste vai encarar o segundo do Grupo B, em duelo marcado para esta sexta-feira, às 21h30, no Riacho. Antes, às 19h30, o Bolívar enfrentará o líder da outra chave, abrindo a rodada dupla. 

A decisão do Sul-Americano de Clubes será no sábado, às 20h30, em Contagem. Antes, às 18h, os perdedores das semifinais disputarão o terceiro lugar. Tetracampeão em sequência, o Cruzeiro tem no total seis títulos continentais e busca o hepta em 2020. O Ganhador tem vaga garantida no Mundial de Clubes em 2020.

(Foto: Agência i7/Cruzeiro)


O JOGO

Contra o Bolívar, o Cruzeiro começou com tranquilidade e deu a impressão de que venceria sem muita dificuldade. Depois de fechar o primeiro set em 25 a 18, a equipe celeste encontrou mais resistência dos argentinos, que venderam caro a derrota na parcial seguinte: 29 a 27. No terceiro período, os visitantes chegaram a tirar diferença de seis pontos, mas a Raposa fez 25 a 23, com Facundo Conte, e garantiu o triunfo por 3 a 0. 

No dia em que completou 29 anos, o oposto Luan ganhou a chance de entrar durante o jogo e não decepcionou. Com nove pontos, ao lado do canadense Gord Perrin, ele só ficou atrás do central Otávio, maior pontuador da Raposa (dez acertos). Depois da partida, o aniversariante ouviu o 'parabéns para você' das cadeiras. 

“Estou feliz demais. Fazer aniversário jogando um campeonato em que o Cruzeiro já tem tanta história, a torcida gritando meu nome, então estou bastante feliz e isso foi um presente para mim”, declarou. “O Bolívar é uma das equipes mais fortes da Argentina, então não tem jogo fácil contra eles. Eles estão vindo embalados da Libertadores, jogaram bem na competição, foram vice, e têm feito uma boa temporada. Mas entramos muito focados, sacamos bem, jogamos bem taticamente e o resultado foi muito importante", acrescentou.

Tags: raposa Cruzeiro Bolívar UPCN Taubaté sul-americano de clubes