Basquete

MINAS

'Projeto Varejão': Minas busca patrocinador para contratar pivô da Seleção Brasileira

Campeão da NBA em 2017 com o Warriors, jogador está sem clube

postado em 25/07/2019 15:18 / atualizado em 25/07/2019 15:19

<i>(Foto: Divulgação/FIBA)</i>
O Minas busca uma peça de peso para seu time de basquete da temporada 2019/2020: o alvo é o pivô Anderson Varejão. O jogador, de 36 anos, está sem clube desde a última sexta-feira, quando viu seu contrato com o Flamengo expirar. Entretanto, o lado financeiro ainda impede o início das conversas entre o clube mineiro e o astro.

Atualmente, o Minas não tem orçamento para contratar o pivô da Seleção Brasileira. Apesar disso, o clube busca um patrocínio para investir no jogador. O diretor de basquete minas-tenista, Alexandre Cunha, detalhou como anda o planejamento.

É um jogador que a gente gostaria muito de ter aqui no clube. Qualidade técnica fantástica. Mas nosso problema seria orçamentário. A gente teria que ter um parceiro, igual tivemos um parceiro ano passado para trazer o Leandrinho. Estamos trabalhando, sondando o mercado, mas não tivemos sucesso até agora. Teria que ser um patrocínio para ele, exclusivo. Porque, no orçamento que eu tenho, não tenho verba para tentar essa aquisição”, disse Alexandre, ao Superesportes.


O diretor minas-tenista vê a aquisição de Anderson Varejão como um sonho. Para a próxima temporada, o ala Alex também está na pauta e tem uma proposta do Minas em mãos. Ele tomará uma decisão apenas em agosto, quando seu vínculo com o Bauru expirar. Caso os dois atletas cheguem ao clube da Rua da Bahia, seriam três jogadores ex-NBA no elenco para a próxima temporada.

“Se tivermos um sinal verde da área de marketing que podemos evoluir, aí eu conversaria. Gostaria muito de ter um astro como o Varejão conosco. Aí teríamos três ex-NBA (Leandrinho, Alex e Varejão) aqui, é muito sonho, porque eu estou torcendo para uma decisão favorável do Alex em agosto, e realmente o Varejão é sonho de qualquer time brasileiro. É um sonho nosso ter um atleta do nível dele, da mesma forma que temos o Leandrinho, mas para isso seria necessário um patrocínio específico. Esse mercado está muito devagar, mas é um nome que a gente gostaria muito”, comentou o dirigente.

O Minas mantém cautela e diz que só entrará em contato com o pivô assim que conseguir o patrocínio. “Não fiz contato com ele não. É mais para não criar uma expectativa e, depois, eu não poder honrar isso. Primeiro, eu estou atrás de um patrocinador. Caso ele dê o ok, aí faria contato e veria o interesse dele para tentar algo”, disse Alexandre Cunha.

Anderson Varejão, com carreira sólida no basquete europeu e na NBA, atua no Brasil desde janeiro de 2018, quando fechou com o Flamengo. Ele conquistou quatro títulos pelo clube rubro-negro: um NBB, uma Copa Super 8 e dois Campeonatos Cariocas. O pivô não aceitou a renovação de contrato, alegando que os cariocas ofereceram um salário 70% menor do que ele recebia. Junto de Alex e Leandrinho, o pivô está pré-convocado pela Seleção Brasileira para o Mundial, disputado entre 31 de agosto e 15 de setembro, na China.

Para a próxima temporada, além da renovação com Leandrinho, o Minas já anunciou as contratações do armador Davi Rossetto, do ala Gui Deodato e dos pivôs Shilton Devon Scott. O comando técnico também será alterado: Flávio Espiga dará lugar a Leo Costa, ex-Macaé, que será oficializado nos próximos dias. O armador Mário Cézar, o ala-armador Gui Carvalho, e os alas-pivôs Marcos Cunha e Tiago Dias, todos das categorias de base, são cotados para compor a equipe adulta. A princípio, o clube disputará o Campeonato Mineiro e o NBB.

Armador norte-americano no radar


O armador norte-americano Farad Cobb, de 26 anos, que disputou o último NBB pelo Basquete Cearense, é outro jogador no radar do Minas para a próxima temporada. A informação foi antecipada pela Rádio Jovem Pan News, de Bauru, e confirmada pelo Superesportes, em contato com Alexandre Cunha.

“O agente nos ofertou o Cobb. Estamos avaliando também jogadores que a gente viu lá nos Estados Unidos, aí o agente dele nos mandou essas informações. Estamos avaliando ele da mesma forma que estamos avaliando outros”, explicou Alexandre Cunha. O agente de Cobb é o mesmo de Devon Scott, confirmado como reforço minas-tenista nessa quarta-feira, o que pode ajudar na negociação.

Tags: anderson varejao minas nbb basquete