Esporte na TV

ESPORTE NA TV

Mauro Cezar responde xingamento de Joel Santana: 'Foi juvenil, pegou pilha'

Comentarista disse que o técnico não ouviu os argumentos dentro do contexto e afirmou que 'não tem treta nenhuma'

postado em 28/06/2021 12:41

(Foto: Reprodução/YouTube)

Após ter sido chamado de bundão por Joel Santana, Mauro Cezar respondeu o técnico nesse domingo, em uma live no seu canal no YouTube. O treinador foi questionado sobre um comentário feito pelo jornalista e não gostou nada do que ouviu. 

Também em uma live, no canal Faixa Vascaína, perguntaram Joel sobre o fato de Mauro ter dito que ele não tinha nada a contribuir com o futebol brasileiro. Indignado com a informação, o treinador disse que o comentarista 'não sabe nada' e o xingou. 

"O cara vem falar mal de mim, ele não sabe nada. Eu viajei o mundo. Fui representar meu país lá fora. Aí vem um bundão desses, vou chamar ele de bundão. Bundão que está falando mal e só cresce falando dos outros. Me chama para bater um papo de futebol. Não sabe nada, que falar o que de mim?", disparou Joel. 

No entanto, o o jornalista afirmou que a frase foi tirada de contexto, disse que não tem 'treta' nenhuma e alegou que o técnico poderia ter visto o comentário antes de falar sobre o assunto. 

"Não tem treta nenhuma entre mim e o Joel Santana. Zero treta. O que aconteceu foi que me perguntaram em uma das lives se o Joel poderia ser técnico de time da Série A, de um time importante. Eu falei que não, o Joel já não tem o que acrescentar como técnico de futebol. Ou seja, hoje não tem mais o que acrescentar. Depois, em uma live de torcedores do Vasco, fizeram uma pergunta fora do contexto, como se eu tivesse dito alguma coisa sobre a carreira dele, ou tirando os méritos sobre todas as coisas positivas que ele fez na carreira, o que simplesmente não aconteceu. Ele poderia ter visto a live, pedido para mostrarem o que eu falei. Mas ele saiu atirando, falou algumas grosserias, vou fazer o que?", argumentou Mauro.

Mauro afirmou que respeita a carreira do técnico, mas lamentou que Joel 'tenha prestado um papel ridículo.' 

"Não tem que ficar discutindo. Só acho lamentável que ele tenha 'pegado pilha'. Foi juvenil. Poderia ter simplesmente ter pedido para ver o vídeo. Poderia até não gostar, mas veria que em momento algum houve desmerecimento da carreira dele, muito pelo contrário. Mas temos que respeitar as pessoas, que muitas vezes não conseguem lidar muito bem com a parte final da carreira. Uma pena que ele tenha reagido de uma forma tão baixa, tão agressiva, falando uma série de bobagens. Responder a altura é a coisa mais fácil do mundo. Responder grosseria com palavrão, qualquer imbecil consegue responder. Vou manter minha elegância", disse. 
 
O comunicador ainda disse que mantém a sua opinião de que, no momento, Joel não agregaria a grandes clubes do Brasil. "Um cara na idade dele prestar esse papel ridículo, esse papel fica para ele. Continuo com a minha opinião, ele hoje, como técnico, não tem mais nada a acrescentar. Não por acaso não treina um grande clube do futebol brasileiro há sete anos. Ele está completamente fora do mercado". 

O último clube que Joel dirigiu foi o Black Gold Oil, clube da quinta divisão dos Estados Unidos, em 2017. O técnico começou sua carreira em 1982 e treinou diversos gigantes do futebol brasileiro, como Cruzeiro, Vasco, Flamengo, Botafogo, Fluminense e Internacional. Ele também comandou clubes na Arábia Saudita e no Japão, além de treinar a Seleção Sul-Africana na Copa do Mundo de 2010. Entre os títulos mais importantes, estão o Mercosul de 2000 e o Campeonato Brasileiro de 2001, ambos com o Vasco. 

Mauro é blogueiro do UOL, tem um canal no YouTube e participa de debates no SBT. Ele também comenta jogos pela emissora e pelo One Football. O jornalista deixou a ESPN no começo de 2021, após não aceitar a renovação de contrato que o obrigaria a trabalhar exclusivamente para a emissora. 

Tags: joel santana jornalista tecnico discussao futnacional mauro cezar