UAI

2

Diogo avalia eliminação e explica que América focou em objetivo principal

Auxiliar permanente comandou o Coelho nos dois jogos contra o Tombense pela semifinal do Troféu Inconfidência

26/03/2022 14:52 / atualizado em 26/03/2022 19:22
compartilhe
Giacomini comandou o América nos dois jogos da semifinal do Troféu Inconfidência
foto: Mourão Panda/América

Giacomini comandou o América nos dois jogos da semifinal do Troféu Inconfidência

O auxiliar permanente Diogo Giacomini analisou a participação do América no Troféu Inconfidência. Neste sábado (26), o Coelho empatou com o Tombense por 1 a 1 no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, pelo jogo de volta da semifinal e foi eliminado da competição adjacente ao Campeonato Mineiro.
 
 
 
Para chegar à finalíssima do certame, o Coelho precisava vencer o Gavião-Carcará por, no mínimo, dois gols de diferença. Isso porque o time de Tombos venceu a partida de ida por 3 a 1 e abriu vantagem. O duelo foi disputado no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, na última quarta-feira (23).
 
Na avaliação de Giacomini, o América disputou o Inconfidência com muita seriedade. O uso da equipe considerada alternativa não significa que o clube menosprezou a competição. Isso porque o Alviverde optou por priorizar a Copa Libertadores.
 
“Toda competição que o América joga ele joga para vencer, não tenho dúvidas disso. Porém, a gente sabe que estamos na maior competição do continente (Libertadores) e temos que, obviamente, focar em um objetivo principal. Se quisermos abraçar todas as competições da mesma forma não conseguiremos êxito em nenhuma delas”, disse.
 

América 1 x 1 Tombense: fotos do jogo pelo Troféu Inconfidência


 
“Então, por isso, nós tratamos o Troféu Inconfidência com muita seriedade, dedicação e profissionalismo por parte dos jogadores e da comissão técnica. E creio que para maturação e avaliação ele foi muito importante nesse sentido”, completou.
 
Com a eliminação, o América volta suas atenções à preparação para o início da fase de grupos da Copa Libertadores. O primeiro adversário no torneio continental será o Independente Del Valle, no dia 6 de abril, às 19h, no estádio Independência, em Belo Horizonte.
 
Antes disso, o Coelho fará um amistoso contra o Athletico-PR na próxima segunda-feira (28), às 20h, na Arena da Baixada, em Curitiba. Giacomini também falou sobre a importância desse jogo-treino antes da estreia na fase de grupos da Libertadores.
  
“Será um amistoso de alto nível com uma equipe que está na Série A do Campeonato Brasileiro, na fase de grupos da Copa Libertadores e na Copa do Brasil. É um amistoso muito bem executado neste momento do planejamento e vai nos dar uma carga de jogo importante para os jogadores que estão se preparando", avaliou.
 
"Além disso, teremos um descanso e uma recuperação para treinamento depois do amistoso para chegarmos ao nosso primeiro jogo da Copa Libertadores de tanque cheio, com todos à disposição para começar bem a competição e pontuando em casa”, finalizou.
 

Libertadores

 
O América está na Chave D da Libertadores desta temporada. Em sua primeira participação na fase de grupos, o Coelho terá pela frente Atlético, Independente del Valle, do Equador, e Tolima, da Colômbia. A chave foi definida nessa sexta-feira (25), após sorteio realizado na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai. 

Compartilhe