UAI

2

Juninho diz que objetivo do América é avançar às oitavas da Libertadores

Capitão rebate desconfianças sobre participação do Coelho no torneio: 'Vamos jogar com tudo'

06/04/2022 09:00 / atualizado em 06/04/2022 11:02
compartilhe
Juninho falou das expectativas do América antes de estreia contra Independiente del Valle
foto: Mourão Panda / América

Juninho falou das expectativas do América antes de estreia contra Independiente del Valle

Após avançar pela etapa preliminar de forma emocionante, o América estreia na fase de grupos da Copa Libertadores nesta quarta-feira. A partir das 19h, o Coelho inicia a trajetória no Grupo D do torneio diante do Independiente del Valle, do Equador, no Independência, em Belo Horizonte. Capitão e um dos jogadores mais experientes do elenco, o volante Juninho afirmou que o clube deve desfrutar do sonhado momento para atingir bons resultados na competição. 



"Temos que desfrutar do aguardado momento. É um sonho. Vamos jogar com tudo para que depois não tenha aquela sensação de que poderíamos ter feito algo diferente. Vamos dar tudo de nós para que, independentemente do resultado, a gente saiba que tudo foi deixado na Libertadores. Temos que nos dedicar ao máximo. A competição dá uma visibilidade enorme. Temos que desfrutar e aproveitar o momento", ressaltou. 

O América disputa a Copa Libertadores pela primeira vez. O Coelho iniciou a campanha na fase preliminar, eliminando Guaraní-PAR e Barcelona-EQU, nos pênaltis.

No Grupo D, além do Independiente del Valle, o time alviverde tem a companhia do Tolima, da Colômbia, e do rival Atlético.

Ciente das dificuldades do torneio, Juninho rebateu as desconfianças e garantiu que o objetivo americano é avançar às oitavas de final.



"A nossa expectativa é se classificar. O América é um clube que está estreando na Libertadores. Também é a primeira vez de muitos atletas. A gente entende a desconfiança, mas a gente provou, na pré-Libertadores, que a gente pode. Não paga nada para sonhar. A gente sonha grande, sonha alto, sonha em se classificar. A expectativa é essa. Ninguém cai na Libertadores à toa. Então, temos consciência de que a gente pode, que a gente é capaz. É com esse pensamento que vamos entrar na fase de grupos, buscando a classificação", concluiu. 




Compartilhe