UAI

2

América recebe o Independiente del Valle para provar força na Libertadores

Após jogos memoráveis na fase preliminar da Libertadores, América quer estrear com 'pé direito' na fase de grupos; primeiro rival é o Independiente del Valle

06/04/2022 06:00
compartilhe
Pressionado pela torcida do América, Marquinhos Santos prometeu evolução da equipe na Libertadores
foto: Mourão Panda/América

Pressionado pela torcida do América, Marquinhos Santos prometeu evolução da equipe na Libertadores


Em estreia na fase de grupos da Copa Libertadores, o América recebe o Independiente del Valle, do Equador, às 19h desta quarta-feira (6), no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Após uma campanha memorável nas fases preliminares do torneio, o Coelho se prepara para um desafio ainda maior entre os 32 participantes desta etapa.
 
 

É momento para seguir mostrando força. Na segunda fase da Libertadores, o América eliminou o Guaraní, do Paraguai, naquela que ficou conhecida como a "Batalha de Assunção". Após derrota por 1 a 0 no Horto, o Coelho precisou buscar uma virada histórica por 3 a 2 no Estádio Defensores del Chaco para levar a decisão para os pênaltis. Nas penalidades, houve vitória brasileira por 5 a 4.

Já na terceira etapa do torneio, foi a vez de enfrentar o Barcelona, do Equador. Depois de um empate em 0 a 0 no Independência, com direito a pênalti perdido pelos equatorianos nos acréscimos do segundo tempo, o América voltou a se ver na obrigação de buscar a vaga fora de casa. Após nova igualdade sem gols em Guayaquil, houve novo triunfo do Coelho por 5 a 4 em uma disputa de pênaltis - com atuação primorosa do goleiro Jailson.

Momento do rival


Adversário do América na Copa Libertadores, o Independiente del Valle vive momento de grande ascensão no Equador. Figura frequente nas últimas edições do principal torneio continental, o "Negriazul" conquistou o Campeonato Equatoriano pela primeira vez em 2021, após várias temporadas "batendo na trave".

Em âmbito internacional, o Independiente del Valle construiu boa reputação nos últimos anos. Contando com a atual, o clube equatoriano participou de oito das últimas nove edições da Copa Libertadores da América - sagrando-se, inclusive, vice-campeão em 2016. Na trajetória, o Negriazul deixou os gigantes River Plate e Boca Juniors, da Argentina, pelo caminho.

Na única temporada recente em que ficou de fora da Libertadores, o del Valle conquistou seu primeiro título de expressão: a Copa Sul-Americana de 2019. Em final única, a equipe equatoriana bateu o Colón, da Argentina, por 3 a 1, com muita autoridade.

Apesar da crescente afirmação no cenário da América do Sul, o Independiente del Valle ainda precisava confirmar seu status de força nacionalmente. Em 13 de dezembro de 2021, essa conquista veio: após vitória por 3 a 1 no jogo de ida e empate em 1 a 1 no jogo de volta, o Negriazul sagrou-se campeão equatoriano pela primeira vez, diante do tradicional Emelec.

 

Independiente del Valle sagrou-se campeão equatoriano pela primeira vez em 2021
foto: Divulgação/Independiente del Valle

Independiente del Valle sagrou-se campeão equatoriano pela primeira vez em 2021

 


Com ideias modernas de jogo, o del Valle pratica, há alguns anos, o Jogo de Posição - filosofia guardiolista em voga e implementada pelo argentino Jorge Sampaoli no Atlético em 2020, por exemplo. No início de 2021, o clube equatoriano perdeu o espanhol Miguel Ángel Ramírez para o Internacional. Para a vaga, houve a contratação do português Renato Paiva, que passou vários anos nas categorias de base do Benfica, de Portugal.

O título do Campeonato Equatoriano por parte do Independiente foi o primeiro de um clube sediado na Região Metropolitana de Quito. A ascensão do "Negriazul" passa muito pelo investimento na base e por critérios qualificados na prospecção de novos jogadores. Com ânimos renovados pela conquista nacional, o del Valle promete dar trabalho a América e Atlético na Copa Libertadores.
 
 

Quem joga?


Do time que vinha atuando como titular neste começo de temporada, o América tem três baixas certas. São elas: o zagueiro Éder, o meio-campista Alê e o atacante Wellington Paulista.

Éder está suspenso por ter recebido três cartões amarelos na Copa Libertadores. Alê se lesionou durante a goleada sofrida por 4 a 0 diante do Athletico-PR, em amistoso na Arena da Baixada, em Curitiba. Com uma torção no tornozelo, ele é dúvida para o jogo com o del Valle. Por sua vez, há duas semanas, Paulista se recupera de uma lesão muscular de grau dois na panturrilha direita.
 
 

Na defesa, o argentino Germán Conti deve ser o substituto de Éder. No meio-campo, o colombiano Índio Ramírez é a opção mais provável diante da quase certa ausência de Alê. A maior dúvida está no ataque: se quiser manter o esquema com um centroavante, o técnico Marquinhos Santos pode escolher Henrique Almeida como alternativa.

Em caso de opção por um ataque mais móvel, com um "falso nove", Matheusinho e o recém-contratado Paulinho Boia podem fazer a função. O experiente Felipe Azevedo também aparece como opção, mas menos provável por já ter sido testado nessa faixa do campo, sem bom rendimento.

FICHA TÉCNICA


América

Jailson; Patric, Iago Maidana, Germán Conti e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Índio Ramírez (Alê); Pedrinho, Everaldo e Matheusinho (Henrique Almeida ou Paulinho Boia).
Técnico: Marquinhos Santos

Independiente del Valle

Moisés Ramírez; Perlaza, Carabajal, Shunke, Segovia e Chávez; Lorenzo Faravelli, Cristian Pellerano e Fernando Gaibor; Junior Sornoza e Jonathan Bauman.
Técnico: Renato Paiva

Motivo: 1ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América
Data e horário: quarta-feira, 6 de abril de 2022, às 19h
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte

Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Assistentes: Juan Belatti e Diego Bonfa (Argentina)
VAR: Carlos Pastorino (Uruguai)
Transmissão: ESPN 4, STAR+ (plataforma de streaming) e tempo real do Superesportes

Compartilhe