UAI

2

América reencontra Athletico-PR 33 dias após goleada sofrida em amistoso

Coelho revê Furacão pouco mais de um mês após sonora derrota por 4 a 0 na Arena da Baixada, em jogo preparatório para as estreias na Copa Libertadores

28/04/2022 17:30
compartilhe
Na Arena da Baixada, em 28 de março, América foi goleado pelo Athletico-PR por 4 a 0 em jogo amistoso
foto: Estevão Germano/América

Na Arena da Baixada, em 28 de março, América foi goleado pelo Athletico-PR por 4 a 0 em jogo amistoso


Abalado após derrota amarga diante do Tolima na Copa Libertadores, o América reencontra um adversário que lhe aplicou uma sonora goleada há um mês em jogo amistoso. Neste sábado (30), às 16h30, o Coelho receberá o Athletico-PR no Estádio Independência, em Belo Horizonte, para partida válida pela 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.
 

Fotos da desolação dos jogadores do América após derrota para o Tolima

 

América e Athletico se encontraram pela última vez no dia 28 de março, em confronto amistoso e preparatório para as estreias das equipes na fase de grupos da Libertadores. Em atuação muito apagada, o Coelho acabou goleado por 4 a 0, com gols de Cuello, Marcelo Cirino, Hugo Moura e Marlos.

Na ocasião, ainda treinado por Marquinhos Santos, o América foi escalado com Jailson; Patric, Iago Maidana, Germán Conti e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Alê; Felipe Azevedo, Pedrinho e Everaldo. No confronto deste sábado, Conti (reserva), Marlon (lesionado), Alê (dúvida), Felipe Azevedo (dúvida) e Everaldo (dúvida) não devem ser titulares.

Também houve mudança no comando técnico do Athletico. Após a goleada sofrida por 4 a 0 para o São Paulo na estreia do Brasileirão, o técnico Alberto Valentim foi desligado. Para a vaga, o Furacão anunciou a contratação de Fábio Carille, campeão brasileiro com o Corinthians em 2017.

 

 


Momento do Athletico e análise


Antes do amistoso contra o América, o Furacão havia sido eliminado nas semifinais do Campeonato Paranaense para o Coritiba, maior rival. Após a goleada aplicada sobre o Coelho, os resultados da equipe oscilaram. O Athletico sofreu derrotas para São Paulo (4 a 0) e Atlético (1 a 0) no Campeonato Brasileiro, mas venceu o poderoso Flamengo (1 a 0).

Na Copa do Brasil, houve goleada athleticana por em jogo de ida da terceira fase por 5 a 2 sobre o Tocantinópolis. Já na Copa Libertadores, o Furacão empatou com Caracas (0 a 0), venceu o The Strongest (1 a 0) e, na terça-feira (26), perdeu para o Libertad (1 a 0).

Na avaliação do repórter André Ribas, da Rádio Banda B, de Curitiba, o Athletico passa por uma mudança gradativa em seu estilo de jogo. Inicialmente, Carille promove mudanças no trabalho defensivo da equipe para, depois, agregar maior repertório na criação de jogadas.

"O Athletico está em um início de trabalho com o Carille. Por volta ainda de 15 dias, com muitos jogos nessa sequência: Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores, e poucos dias para trabalhar. O Carille começou tentando organizar essa defesa, ter um time mais compacto e com uma transição defensiva mais rápida. Uma pressão pós-perda melhor encaixada, pressionando muito a bola e corrigindo um dos problemas que estava em destaque quando o Athletico ainda estava sendo treinado pelo Alberto Valentim. Dentro disso, ele até citou em várias coletivas que ainda não definiu uma forma de jogar do Athletico, que estava em busca disso ainda, mas que começou essa organização defensiva. O Athletico, agora, busca dar esse passo a mais", avalia. 

"Ofensivamente, o clube tem grandes opções no ataque, fez sua principal janela de contratações no mercado na sua história, mas ainda tem algumas dificuldades em relação a repertório para criar. É um time que busca ter um lado construtor como sua base. Tudo se desenha para ser até o lado direito, e o lado esquerdo mais agressivo, tendo opções como Cuello, Vitinho (que ultimamente vem sendo titular). Esse vai sendo mais ou menos o desenho", completa Ribas ao Superesportes.

O Athletico não deve optar pela formação titular diante do América. Isso porque a equipe volta a campo pela Libertadores logo na terça-feira (3), às 19h15, para enfrentar o The Strongest na Bolívia.

Compartilhe