UAI

2

Troca do América pelo Grêmio: Mancini diz não saber se tomou decisão certa

Técnico do Coelho revelou que pagou a multa rescisória e projetou um trabalho a longo prazo no retorno ao clube mineiro

03/06/2022 13:00
compartilhe
Mancini deixou o América em outubro do ano passado para comandar o Grêmio
foto: Mourão Panda/América

Mancini deixou o América em outubro do ano passado para comandar o Grêmio


O técnico Vagner Mancini comentou, pela primeira vez, a saída do América para o Grêmio. O comandante do Coelho não sabe se foi a decisão correta, mas ressaltou que poderia ter tido resultados positivos ou negativos caso permanecesse no time mineiro.

Mancini deixou o América na 11ª posição em outubo do ano passado, após uma campanha de recuperação, para assumir o Grêmio, que estava no Z4. A equipe gaúcha foi rebaixada, e o treinador foi demitido no início deste ano. 

Em entrevista à Rádio Itatiaia, nessa quinta-feira, ele avaliou a decisão e revelou que pagou a própria rescisão ao Coelho. 

"Na saída do América, também não tínhamos multa, tínhamos um acordo de rescisão, e eu paguei por ela. Se eu tomei a decisão certa ou errada, ninguém pode saber. Nem eu sei até hoje, porque eu poderia ter ficado no América e ter alcançado a Libertadores, como eu poderia também ter sido mandado embora, porque já estávamos em meados de outubro", afirmou. 

O treinador também projetou um trabalho a longo prazo nesta segunda passagem pelo clube. Ele voltou à equipe em 12 de abril, após a saída de Marquinhos Santos. 

"Eu tive a oportunidade de retornar ao América e de poder dar para este clube aquilo que eu talvez tenha deixado de dar no final do ano (passado). Eu estou muito convicto de que hoje tenho essa possibilidade e que vamos desenvolver um trabalho muito bacana e por um longo tempo", afirmou.

A próxima partida do América será contra o Cuiabá, neste sábado, às 16h30, no Independência, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. 

Compartilhe