UAI

2

Mancini reconhece jogo ruim do América, mas questiona decisão da arbitragem

Técnico do Coelho citou decisões erradas da equipe, atraso nas jogadas e disse que 'não consegue mais interpretar o que se passa na cabeça dos árbitros'

08/06/2022 22:18 / atualizado em 08/06/2022 23:18
compartilhe
Mancini avaliou negativamente as decisões tomadas pelos jogadores do América
foto: Alexandre Guzanshe/EM/DAPress

Mancini avaliou negativamente as decisões tomadas pelos jogadores do América


O técnico Vagner Mancini reconheceu que o América fez uma partida ruim na derrota por 2 a 0 para o Ceará, nesta quarta-feira (8), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar disso, também questionou a decisão da arbitragem no primeiro gol do Vozão no Independência, em Belo Horizonte. 




"O América não fez um bom jogo. Errou muito, dominava mal a bola, passava mal, dava a impressão que chegava um pouco atrasado. Em uma noite assim, você sofre tomando um gol dessa forma, acaba acentuando mais", afirmou, em entrevista coletiva concedida após o confronto.

Mancini também avaliou negativamente as decisões tomadas pelos jogadores. Esse fator somado ao atraso nas jogadas foi fundamental para o revés, na visão do treinador. 

"Eu acho que a queda de rendimento, ou o mal rendimento da equipe hoje, se deu ao fato de que a gente estava sempre milésimos de segundos atrasado em relação aquela jogada que tínhamos de fazer. A decisão foi mal feita na maioria dos lances ao longo dos 90 minutos. Tomamos decisões equivocadas, que normalmente não tomamos", lamentou.

O comandante do time mineiro ainda fez uma ressalva, ao dizer que a equipe controlou a partida em alguns momentos.

"O América até jogou bem uma parte. Oscilou um pouco ao longo do jogo, mas em alguns momentos teve o domínio da partida. Mas as decisões para o tiro final, ou para o último passe não foram boas. Isso pesou muito dentro do rendimento da equipe", disse.

América 0 x 2 Ceará: fotos do jogo no Independência pela Série A



Polêmica


Apesar do desempenho ruim do América, Mancini não deixou de criticar a decisão da arbitragem em não anular o primeiro gol do Ceará. 



No lance (veja abaixo), aos 21 do primeiro tempo, Marlon perdeu a bola na ponta  esquerda, Lindoso lançou para Mendoza, que ganhou a disputa de corpo com Patric. Livre, o atacante finalizou rasteiro e balançou a rede do Independência.



O árbitro Douglas Marques das Flores foi chamado pelo VAR para analisar uma possível cotovelada do jogador cearense, mas confirmou o gol para os visitantes.

"Eu vi o lance no vestiário, a gente não consegue mais interpretar o que se passa na cabeça dos árbitros. Qualquer lance desse, em qualquer lugar do campo, é vermelho e falta. Você toma um gol desse, o árbitro vai ver o lance, enfim. Não sou árbitro, mas sou técnico e estou discutindo um lance que talvez tenha sido fundamental para a vitória do Ceará", criticou Mancini. 

O próximo compromisso do América será contra o São Paulo, no domingo (12), às 16h. A partida, válida pela 11ª rodada do Brasileiro, será disputada no Morumbi, em São Paulo. 


Compartilhe