UAI

2

América x Fluminense: uso de máscara não será obrigatório no Independência

Segundo a secretária de Saúde de Belo Horizonte, os protocolos 'serão revistos diariamente e poderão ser alterados conforme os dados epidemiológicos'

Torcedores que vão ao jogo entre América e Fluminense, na quarta-feira (15), às 21h30, no Independência, pela Série A, poderão optar pelo uso ou não do item de proteção
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Torcedores que vão ao jogo entre América e Fluminense, na quarta-feira (15), às 21h30, no Independência, pela Série A, poderão optar pelo uso ou não do item de proteção


A Prefeitura de Belo Horizonte determinou que o uso de máscara voltará a ser obrigatório em locais fechados a partir desta terça (14). O decreto será publicado no Diário Oficial do Município e valerá até 31 de julho. A decisão do Executivo Municipal não inclui estádios de futebol e feiras ao ar livre. Com isso, os torcedores que vão ao jogo entre América e Fluminense, na quarta-feira (15), às 21h30, no Independência, pela Série A, poderão optar pelo uso ou não do item de proteção.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Cláudia Navarro, o aumento no número de casos de doenças respiratórias registrado nas últimas semanas motivou o decreto. A PBH espera redução de casos não apenas de COVID-19, mas de outras viroses.

Segundo Cláudia Navarro, os protocolos "serão revistos diariamente e poderão ser alterados conforme os dados epidemiológicos".

A partir de julho, a Secretaria Municipal de Saúde espera um cenário mais controlado da transmissão do vírus, já como resultado da obrigatoriedade do uso de máscara em locais fechados em Belo Horizonte.

A decisão foi tomada após uma reunião do comando da Saúde com o prefeito da capital, Fuad Noman (PSD), nesta segunda-feira (13).

A desobrigação completa das máscaras em Belo Horizonte havia sido anunciada em 28 de abril.

Compartilhe