UAI

2

Cavichioli disputa primeiro jogo pelo América após cirurgia no coração

Goleiro recebeu oportunidade na derrota para o Flamengo, neste sábado, após Jailson ser diagnosticado com amigdalite

25/06/2022 21:18
compartilhe
Cavichioli foi um dos melhores jogadores do América em 2021
foto: Mourão Panda / América

Cavichioli foi um dos melhores jogadores do América em 2021


Após se recuperar de uma cirurgia no coração, Matheus Cavichioli entrou em campo pela primeira vez em 2022 neste sábado (25). O goleiro voltou a ser titular do América na derrota por 3 a 0 para Flamengo, no Maracanã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Flamengo x América: fotos do jogo no Maracanã pelo Brasileiro



A oportunidade surgiu com a ausência de Jailson. Titular absoluto no gol do Coelho nesta temporada, o jogador foi diagnosticado com amigdalite e sequer viajou com o restante do grupo para o Rio de Janeiro. 

Cavichioli poderia ter entrada em campo na última partida do Coelho, já que Jailson foi poupado. No entanto, o atleta de 35 anos estava se recuperando de uma lesão muscular na posterior da coxa esquerda e também foi ausência.

O goleiro realizou uma angioplastia em janeiro deste ano e voltou aos treinamentos em abril. Ele foi um dos destaques do América na grande campanha do time no Brasileiro. 

Na última temporada, o Coelho terminou a Série A na oitava colocação, com 53 pontos, e se classificou à terceira fase da Copa Libertadores.



Valorizado pela diretoria após o bom desempenho no ano passado, o goleiro teve o contrato renovado até dezembro de 2023. Contratado em 2020, disputou 95 partidas com a camisa do Coelho. 

Concorrência na meta do América 

 
Com o afastamento inesperado de Cavichioli devido à cirurgia, a diretoria alviverde correu atrás de uma peça para repor a perda. O goleiro Jailson, de 40 anos, foi o escolhido para ser o substituto do camisa 1 na meta americana. E a aposta foi certeira.
 
Jailson é um dos principais nomes do América na temporada. O arqueiro foi o herói da classificação do Coelho à fase de grupos da Libertadores.
 
Ele fez importantes intervenções durante o empate sem gols contra o Barcelona-EQU, em Guayaquil, pela jogo de volta da terceira fase, e ainda pegou a cobrança de Leonel Quiñónez na disputa de pênaltis, vencida pelo time mineiro por 5 a 4.

Compartilhe