UAI

2

Cavichioli aposta em vitória sobre Botafogo para mudar ambiente no América

Equipes farão partida decisiva pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quinta-feira (30), às 19h, no Independência

29/06/2022 06:00 / atualizado em 29/06/2022 03:41
compartilhe
Matheus Cavichioli durante treino no CT Lanna Drumond nesta terça-feira
foto: Marina Almeida / América

Matheus Cavichioli durante treino no CT Lanna Drumond nesta terça-feira



Após sequência negativa no Campeonato Brasileiro, o América 'vira a chave' para o duelo decisivo contra o Botafogo, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Para o goleiro Matheus Cavichioli, uma vitória nesta quinta-feira (30), às 19h, no Independência, em Belo Horizonte, poderá ser também uma 'virada de chave' no motivacional do elenco alviverde.
 


"É um grupo que mescla experiência e juventude, e até os nossos meninos mais novos estão focados nisso, comprometidos com isso (acabar com a má fase). E por que não utilizar um bom resultado na Copa do Brasil para levar ao Campeonato Brasileiro uma boa apresentação? Nós temos o nosso compromisso. Temos a certeza que precisamos cumprir, da melhor maneira possível", disse o goleiro em entrevista nessa terça-feira (28).

"Mudando a chave para a Copa do Brasil, um bom jogo pode, novamente, levantar a confiança, para que a gente retorne ao Campeonato Brasileiro e faça melhor do que a gente conseguiu fazer até agora. É se manter com isso. (Serei) repetitivo, novamente: trabalho, dia a dia, entrega, disposição, que as coisas vão dar certo", completou o goleiro.

Neste momento, o América soma cinco jogos consecutivos sem vitória. A última vez que conquistou um triunfo foi diante o Cuiabá, por 2 a 1, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Desde então, foram derrotas para Ceará (0 a 2); São Paulo (0 a 1); Fortaleza (0 a 1); e Flamengo (0 a 3). Além de um empate por 0 a 0 diante o Fluminense.

Após a sequência de resultados negativos, a equipe alviverde caiu 12 colocações na tabela da competição - do 5º lugar ao 17º. Atualmente, o Coelho soma 15 pontos, nove a menos que o 5º posicionado, o Atlético, que tem 24.

"Quem construiu o início de campeonato muito bom que tivemos foi essa turma que está no vestiário, que tem entrado em campo. Então, é recuperar a confiança. Trabalhar no dia a dia. Mostrar o porquê conseguimos trazer o América até aqui e levar o América onde já levamos. A qualidade está aqui dentro, basta colocar para fora. É um momento, uma fase, que pode virar", disse Cavichioli.
 
 

Retorno


Após seis meses parado, Matheus Cavichioli voltou a atuar nesse sábado (25), na derrota do Coelho por 3 a 0 para o Flamengo, no Maracanã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em janeiro, o jogador passou por uma cirurgia cardíaca (angioplastia). 

"Na entrada em campo para o aquecimento eu até brinquei com o Azevedo (Felipe): 'Será que fica estranho se eu começar a chorar?'. Ele disse para eu me soltar, por tudo que passei. Voltar, depois do que aconteceu, no Maracanã, um dos grandes templos do futebol, foi sensacional", contou o goleiro.

Na partida diante o Botafogo, Cavichioli deverá ser novamente titular. Isso porque Jailson foi diagnosticado com amigdalite e possivelmente não estará entre os relacionados.
 
 

Compartilhe