UAI

2

Atlético oficializa a saída de Cuca e lamenta decisão do treinador

Clube divulgou uma nota no fim da manhã desta terça-feira

28/12/2021 11:59 / atualizado em 28/12/2021 21:00
compartilhe
Cuca alegou motivos pessoais, de ordem familiar, e disse que sua decisão era irretratável
foto: Pedro Souza/Atlético

Cuca alegou motivos pessoais, de ordem familiar, e disse que sua decisão era irretratável

O Atlético oficializou, no fim da manhã desta terça-feira, a saída do técnico Cuca. O clube alvinegro destacou que a decisão foi exclusivamente do treinador.

Veja técnicos sem clube que são opções no mercado


Após quase 12 horas sem se manifestar sobre o assunto, o Galo divulgou uma nota oficial em suas redes sociais em que lamenta a escolha do profissional, apesar de compreender os motivos alegados.

No entanto, segundo informações da Rádio Itatiaia, o Atlético não abrirá mão da multa recisória, que poderá ser abatida em premiações das conquistas de 2021.

O clube também explica que o treinador comunicou a sua saída em uma reunião virtual realizada nessa segunda-feira.

Ainda conforme o texto, 'Cuca alegou motivos pessoais, de ordem familiar, e disse que sua decisão era irretratável'. 
 
Segundo o Atlético, o treinador garantiu que não irá trabalhar em nenhum outro clube em 2022 para se dedicar unicamente às questões familiares.  

O Galo também ressalta que os dirigentes tentaram convecer Cuca a ficar na próxima temporada e agradece ao técnico, além de desejá-lo sucesso. 
 
 

Passagem histórica 


A segunda passagem de Cuca pelo Atlético foi histórica. O treinador levou o clube ao histórico bicampeonato brasileiro, além de vencer o Campeonato Mineiro e a Copa do Brasil. 
 
Foram 48 vitórias, 14 empates e nove derrotas em 71 partidas, totalizando 74,17% de aproveitamento. 
 
Cuca deixa o Galo apontado por muitos como o maior treinador da história do clube. Além dos três títulos nesta segunda passagem, na primeira, entre 2011 e 2013, ele foi bicampeão mineiro e campeão da Copa Libertadores. 

Naquele período, o técnico teve aproveitamento geral de 59,7% em 153 partidas, com 80 vitórias, 34 empates e 39 derrotas. 

Ao todo, o paranaense comandou o Atlético em 224 partidas, com 128 vitórias, 48 empates e 48 derrotas. Ele conquistou 64,2% dos pontos.
 
Com a saída de Cuca, o Atlético inicia a busca por um novo treinador para assumir o time em 2022, quando o clube terá como desafios o Mineiro, a Supercopa do Brasil, a Copa do Brasil, a Copa Libertadores e o Brasileirão.

Veja a nota completa do Atlético:



O Atlético anuncia que Cuca não é mais treinador do Clube. A saída foi uma decisão pessoal do treinador, depois de reunião virtual ocorrida no final da tarde desta segunda-feira, 27 de dezembro.

No encontro, do qual participaram o diretor de futebol Rodrigo Caetano; o presidente Sérgio Coelho; e os 4 R's (Rubens e Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador), o agora ex-treinador alvinegro anunciou a decisão de distratar seu contrato com o Galo, cujo vencimento somente se daria no final de dezembro de 2022.

Cuca alegou motivos pessoais, de ordem familiar, e disse que sua decisão era irretratável, apesar das seguidas tentativas dos dirigentes em demovê-lo e buscar um caminho no qual fosse possível conciliar as questões particulares com o trabalho.

O treinador também afirmou, na mesma reunião, que não iria trabalhar em nenhum outro clube em 2022, para se dedicar unicamente às questões familiares.

O Galo contava com o treinador no seu planejamento para o próximo ano e lamenta a decisão, embora compreenda os motivos alegados. Em nome de toda a diretoria, funcionários e atletas, o Clube agradece pelos serviços prestados e conquistas alcançadas, desejando-lhe sucesso no desenlace de suas questões particulares.

Compartilhe