UAI

2

Com trabalhos físicos, Atlético inicia pré-temporada; veja lista de atletas

Elenco multicampeão em 2021 se reapresentou na Cidade do Galo com baixas e novidades; equipe de El Turco fará estreia no Mineiro no próximo dia 26

17/01/2022 18:15 / atualizado em 17/01/2022 18:29
compartilhe
Estrangeiros do Atlético, atacante Eduardo Vargas e meias Nacho Fernández e Matías Zaracho se reapresentaram na Cidade do Galo
foto: Divulgação/Atlético

Estrangeiros do Atlético, atacante Eduardo Vargas e meias Nacho Fernández e Matías Zaracho se reapresentaram na Cidade do Galo

 

Com trabalhos físicos na Cidade do Galo, em Vespasiano, o Atlético deu início a pré-temporada de 2022 nesta segunda-feira (17). Após sofrer algumas baixas e acrescentar novas figuras ao plantel, o time multicampeão em 2021 manteve a base vencedora e quer seguir forte, no rumo das conquistas, também neste novo ano. Veja, a seguir, a lista de atletas que se reapresentaram no clube mineiro.

 

Veja todos os jogadores que iniciam a pré-temporada do Atlético

 

 

Goleiros: Everson, Rafael, Matheus Mendes e Gabriel Delfin;

Laterais: Arana, Dodô, Mariano e Guga;

Zagueiros: Godín, Igor Rabello, Micael, Nathan Silva, Réver e Vitor Mendes;

Meias: Allan, Calebe, Dylan, Guilherme Castilho, Jair, Nacho, Neto, Rubens, Tchê Tchê e Zaracho;

Atacantes: Ademir, Echaporã, Fábio Gomes, Felipe Felício, Keno, Hulk, Luiz Filipe, Sasha, Savarino, Sávio e Vargas.

 

Ao todo, 35 jogadores se reapresentaram no CT alvinegro. Eles ficarão concentrados até o sábado (22), com atividades em tempo integral. Atletas e comissão técnica passaram por testes de COVID-19 na chegada. Entre eles, apenas o zagueiro Micael testou positivo e foi liberado para cumprir isolamento. O meia Rubens, que chegou junto com Micael, mas testou negativo, também foi liberado por precaução.

 

Por conta de trâmites exigidos por autoridades venezuelanas para liberação de viagens, o atacante Jefferson Savarino também não se apresentou. Ele é aguardado nesta terça-feira (18).

 

Os demais atletas participaram de uma atividade leve sob o comando do preparador físico Cristiano Nunes. O trabalho foi realizado nos campos 5 e 6 da Cidade do Galo. 

 

Saídas e chegadas

 
Para seguir o planejamento traçado pela diretoria e pelo grupo de investidores que apoia o clube financeiramente, o Atlético promoveu mudanças no elenco - com o objetivo de reduzir a folha salarial ou, ao menos, mantê-la.
 
Neste sentido, o Galo concretizou cinco saídas. Por empréstimo, os meio-campistas Alan Franco (Charlotte FC), Nathan (Fluminense) e Hyoran (RB Bragantino) deixaram o clube. Além deles, dois nomes deixaram o clube em definitivo: o zagueiro Junior Alonso, vendido por 8,2 milhões de dólares (R$ 45,4 mi na cotação atual) ao Krasnodar, da Rússia, e o atacante Diego Costa, que assinou rescisão contratual.
 
 
 
Por outro lado, novos nomes foram acrescidos ao plantel. Formados na base do Atlético, o zagueiro Vitor Mendes e o volante Guilherme Castilho retornaram de empréstimo do Juventude. Contratados, o zagueiro Diego Godín e os atacantes Ademir e Fábio Gomes também foram apresentados aos novos companheiros e iniciaram os trabalhos pelo Galo.
 
No meio-campo, a diretoria atleticana firmou um pré-contrato com o volante Otávio. Revelado na base do Athletico-PR, o jogador de 27 anos tem vínculo com o Bordeaux, da França, até o fim da temporada europeia (junho) e, depois, vai se juntar ao elenco campeão brasileiro.
 
Também houve mudança no comando técnico. Cuca, multicampeão pelo Atlético, pediu para deixar o clube em dezembro de 2021 por problemas pessoais. Para a vaga, o Galo acertou a contratação do argentino Antonio 'El Turco' Mohamed, com histórico vencedor no futebol do México.
 

El Turco chega a BH para comandar o Galo: 'Dirigir um grande da América'

 
 

Desafios a cumprir

 
É com essas mudanças que o Atlético inicia 2022 mais uma vez como um dos grandes candidatos a título do futebol brasileiro. O time terá pela frente cinco competições: o Campeonato Mineiro, o Campeonato Brasileiro, a Supercopa do Brasil, a Copa do Brasil e a Copa Libertadores.
 
A estreia do Atlético na temporada será em 26 de janeiro, menos de duas semanas após o início da pré-temporada. A equipe enfrenta o Villa Nova, pelo Mineiro. Em função do calendário apertado, o planejamento prevê que jovens e reservas sejam utilizados nas partidas iniciais do Estadual.
 
 
 
A primeira disputa de título será em 20 de fevereiro, contra o poderoso Flamengo. As equipes se enfrentam pela Supercopa do Brasil, em local ainda indefinido. Depois, começam as disputas da Copa do Brasil, do Brasileirão e da Libertadores - única taça que faltou no histórico 2021 alvinegro.

Compartilhe