UAI

2

Alonso sonha em ganhar Libertadores pelo Atlético: 'Objetivo muito grande'

Defensor relembrou campanha do ano passado, quando o clube foi eliminado por causa do gol sofrido como mandante na semifinal contra o Palmeiras

18/03/2022 06:00 / atualizado em 18/03/2022 09:55
compartilhe
Junior Alonso voltou ao Galo por empréstimo até o fim da temporada 2022
foto: Pedro Souza/Atlético

Junior Alonso voltou ao Galo por empréstimo até o fim da temporada 2022

O zagueiro Junior Alonso foi anunciado como reforço do Atlético nesta semana. Em sua apresentação, o jogador deixou claro qual é o principal objetivo na temporada 2022: conquistar o título da Copa Libertadores, única taça que escapou do Galo no último ano. 

Na temporada passada, o Atlético foi eliminado da Libertadores de forma invicta. Na semifinal, o Galo empatou sem gols com o Palmeiras, fora de casa, e ficou no 1 a 1 no Mineirão, sendo eliminado pelo critério do gol marcado como visitante. A regra foi extinta para a atual temporada.



Para Alonso, esse é o principal objetivo. Mas o jogador foca primeiro em conquistar o tricampeonato estadual com o Galo. "Para mim, pessoalmente, que não ganhei ainda a Libertadores, é um objetivo muito grande. Sei que temos que ir passo a passo. Hoje, nossa prioridade, é o Campeonato Mineiro, todo mundo sabe disso. Mas estamos sempre olhando a Libertadores também. Ano passado ficamos muito perto da final, foi um gol de diferença. Sabemos que a competição será muito difícil, os clubes têm muito dinheiro, na Argentina, no Brasil. Sabemos da importância do campeonato", disse Alonso, que também deseja repetir o feito da temporada passada e levantar o título brasileiro mais uma vez.

"Tem também o Campeonato Brasileiro, ganhamos ano passado depois de 50 anos. Temos que trabalhar agora para ganhar outro", completou.

Em janeiro, Alonso foi vendido pelo Atlético ao Krasnodar-RUS por 8,2 milhões de dólares (cerca de R$ 46,4 milhões na cotação da época). A invasão da Rússia à Ucrânia, porém, teve reflexos no futebol russo. O zagueiro paraguaio, então, teve o contrato suspenso e foi liberado para retornar à Cidade do Galo por empréstimo até o fim de 2022. 

Na primeira passagem, Alonso ficou um ano e meio no Atlético. Foram 89 partidas, dois gols e quatro títulos: o Campeonato Brasileiro de 2021, a Copa do Brasil de 2021 e os Campeonatos Mineiros de 2020 e 2021. Nos títulos do ano passado, o paraguaio teve papel decisivo e foi o capitão da equipe.



Alonso não atua num jogo oficial desde que deixou o Atlético. Na Rússia, fez a pré-temporada com o Krasnodar-RUS e estava prestes a estrear, mas a guerra fez o planejamento mudar.

Apesar disso, o zagueiro se diz pronto para jogar novamente. A reestreia pode ser neste sábado, contra a Caldense, pelo Campeonato Mineiro.

"Estou (pronto) para jogar. Estava trabalhando normalmente. Faltando dois dias para começar o Campeonato Russo, começou a guerra. Aí (o futebol na Rússia) foi suspenso, 15 dias atrás. Fiquei uma semana trabalhando a parte física no Paraguai. Ontem (terça-feira), cheguei, coloquei a chuteira e já comecei a treinar com meus companheiros. Hoje, também, de forma normal. Então, quando o treinador precisar de mim, estou (pronto) para jogar", afirmou.

Os melhores times do mundo: veja ranking de março da IFFHS



Compartilhe