UAI

2

CBF libera áudio de VAR em lance com Guga em Goiânia, e Atlético protesta

Lance em que lateral do Galo foi atingido no abdômen por Danilo Barcelos, do Goiás, foi interpretado como choque que pegou 'de raspão'

04/05/2022 20:57 / atualizado em 04/05/2022 21:23
compartilhe
Atlético exibiu as marcas da chuteira de Danilo Barcelos no abdômen de Guga
foto: Atlético/Divulgação

Atlético exibiu as marcas da chuteira de Danilo Barcelos no abdômen de Guga



O lance em que o lateral-direito Guga foi atingido pelas travas da chuteira de Danilo Barcelos, do Goiás, no empate por 2 a 2 no Estádio da Serrinha, em Goiânia, sábado passado, pelo Campeonato Brasileiro, ainda rende polêmica. E também protestos da diretoria do Atlético. 

Nesta quarta-feira, a CBF liberou o áudio do VAR na revisão do lance, ocorrido logo no primeiro tempo, quando Guga foi atingido em cheio no abdômen e exibiu as marcas da entrada do adversário. Pela análise na cabine do árbitro de vídeo, o choque foi de 'raspão', o que, no entendimento da equipe de arbitragem, não deveria resultar em expulsão. 

O árbitro Bruno Arleu mostrou cartão amarelo para Danilo Barcelos, o que provocou protestos dos jogadores e do banco do Atlético, que esperava uma medida mais enérgica, com a expulsão do jogador do Goiás. O árbitro até perguntou à equipe do VAR qual seria a forma mais adequada da punição. Veja o diálogo:

Bruno Arleu: "É amarelo? É amarelo?".

VAR: "O pé pega bem na barriga, o número 14. O pé pega de raspão, tá? Não é contato pleno. Passa, faz um roça e sola com a barriga. Checado, pode reiniciar. Checado contato da sola do pé com a barriga. Não tem intensidade. Cartão amarelo ao numero 14".

Arleu: "(O Guga está mostrando que) Está marcado o coisa (barriga) dele. Mas ele (Danilo) encolhe a perna, na minha concepção dentro de campo. Tudo certo?".

VAR: "Concordo, segue decisão de campo e pega de raspão. Pode seguir".

REAÇÃO DO ATLÉTICO


Logo depois da divulgação do áudio do VAR na análise do lance, o Atlético voltou a protestar, desta vez nas redes sociais. O clube exibiu a imagem da disputa entre Danilo Barcelos e Guga, e questionou a atitude da equipe de arbitragem ao descartar a expulsão. 

"É no mínimo esdrúxula a decisão do VAR. Ou alguém aí, Massa, concorda com a interpretação do VAR na agressão sofrida pelo Guga, no jogo contra o Goiás?", publicou o Atlético nas redes sociais, incentivando a torcida a opinar sobre o diálogo da cabine do árbitro de vídeo. 

Insatisfeita com a arbitragem em Goiânia, o Atlético reclamou em forma de ofício enviado ao presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Luis Seneme. O clube ainda questionou o fato de Danilo Barcelos não ter recebido o segundo cartão amarelo em um carrinho que atingiu o armador Nacho Fernández, em disputa de bola. 




Compartilhe