UAI

2

Dirigente do Galo diz que Pavón é desequilibrante e tem valor de mercado

Jogador de 26 anos possui vínculo com o Boca Juniors até 30 de junho, quando deve deixar a Argentina e vir a Belo Horizonte se apresentar ao Galo

26/05/2022 14:20 / atualizado em 26/05/2022 16:17
compartilhe
Última partida de Pavón com a camisa do Boca ocorreu no dia 11 de dezembro de 2021
foto: AFP

Última partida de Pavón com a camisa do Boca ocorreu no dia 11 de dezembro de 2021



O diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, disse que o atacante Cristian Pavón é desequilibrante e tem grande valor de mercado. O jogador de 26 anos possui vínculo com o Boca Juniors até 30 de junho, quando deve deixar a Argentina e vir a Belo Horizonte se apresentar ao Galo. 


"Se ele cumprir o contrato com o Boca e entender que o Galo é uma boa casa, aí acho que o Turco vai confirmar ele lá por julho", disse Caetano, em tom bem-humorado, ao podcast Superesportes Entrevista.

Rodrigo Caetano destacou que jogadores do estilo de Pavón decidem campeonatos. "É um bom jogador sim, em uma posição que, aprendi uma vez com uma pessoa, do meio para frente nunca é demais ter jogadores desequilibrantes, porque é ali que se ganha o campeonato. Ele é de um setor que não importa se teremos outros, quanto mais opções tivermos melhor", destacou o diretor do Galo, que seguiu elogiando o argentino.

"Não dá pra esconder que é um jogador que tem muito valor técnico e mercado, por ter disputado o último Mundial pela Argentina. Conforme a gente falou sobre as diretrizes do nosso órgão colegiado para que não haja investimento em aquisição, este tipo de atleta em fim de contrato ou em vias de finalizar o contrato é o que temos que monitorar, porque hoje não temos a capacidade de investimento", afirmou.

A última partida de Pavón com a camisa do Boca ocorreu no dia 11 de dezembro de 2021, na vitória por 8 a 1 sobre o Central Córdoba Estero, pelo Campeonato Argentino. Na ocasião, ele marcou dois gols e deu duas assistências.


Compartilhe